Mourão diz que família sem pai ou avô é fábrica de elementos desajustados

General da reserva afirmou que o Brasil vive uma crise de valores e que famílias desestruturadas causam o ingresso "em narco-quadrilhas"

São Paulo – O candidato a vice-presidente na chapa de Jair Bolsonaro (PSL), o general da reserva Hamilton Mourão (PRTB), afirmou nesta segunda-feira que o Brasil vive uma crise de valores e que famílias desestruturadas levam ao surgimento de “elementos desajustados”, que “tendem a ingressar em narco-quadrilhas”.

“Família sempre foi o núcleo central. A partir do momento que a família é dissociada, surgem os problemas sociais que estamos vivendo e atacam eminentemente nas áreas carentes, onde não há pai nem avô, é mãe e avó. E por isso torna-se realmente uma fábrica de elementos desajustados e que tendem a ingressar em narco-quadrilhas que afetam nosso país”, afirmou ele em evento do Sindicato da Habitação (Secovi), em São Paulo.

Mourão foi duramente criticado após a declaração. A candidata a presidente pela Rede, Marina Silva, destacou a “valentia” de mulheres que comandam suas casas.

“É uma afronta chamar de desajustados os filhos de 11,6 milhões de mulheres que chefiam lares. Elas enfrentam sozinhas todas as dificuldades para dar um futuro a filhos e netos. É da valentia dessas mães e avós que nasce o milagre da sobrevivência de milhões de pessoas”, disse Marina no Twitter.

A candidata a vice-presidente na chapa de Ciro Gomes (PDT), senadora Kátia Abreu, afirmou que criou três filhos sozinha. “De onde saiu esse homem meu Deus do céu. Criei 3 filhos sozinha como milhares de mulheres do Brasil”.

Também no evento em São Paulo, o candidato a vice-presidente de Bolsonaro defendeu o trabalho da polícia, dizendo que é preciso investir em tecnologia, e lamentou que ela seja criticada quando age contra bandidos. “Direitos humanos são para humanos direitos”, disse.

Relevar Bolsonaro

Questionado sobre a opinião de Bolsonaro a respeito de uma possível fraude na eleição de outubro, Mourão afirmou que é preciso relevar o discurso do presidenciável.

“Tem que relevar um homem que praticamente morreu, quase morreu, que passou por duas cirurgias graves. O cara está fragilizado, então vamos relevar o que ele disse. Minha posição é que o jogo é esse, nós vamos jogar e vencer no primeiro turno”, disse Mourão a jornalistas.

No domingo, Bolsonaro fez uma transmissão ao vivo do hospital onde está internado, após ser esfaqueado dia 6, e reforçou sua tese de uma possível fraude no pleito de outubro, afirmando que “não temos qualquer garantia nas eleições”.

Esse tema tem sido recorrente nas declarações do presidenciável. Pouco antes do atentado ele voltara ao assunto, falando que em nenhum outro país do mundo a votação e a apuração é completamente eletrônica, o que seria um sinal claro da fragilidade do sistema adotado pelo Brasil.

Em discurso para uma plateia de empresários, Mourão defendeu as reformas tributária, da Previdência e da Constituição, após provocar polêmica, na semana passada, ao dizer que a Constituição não precisa ser feita por eleitos pelo povo.

“Outro dia eu externei minha opinião sobre a questão da Constituição e fui taxado de antidemocrático. Se eu fosse antidemocrático, eu não estaria participando da eleição, eu estaria com a minha 45, limpando ela bonitinha, e aguardando melhores dias. Não é isso que estou fazendo, obviamente”, disse.

“Nossa Constituição é terrível, ela abarca do alfinete ao foguete. Uma Constituição tem que ser de princípios e valores… a nossa está totalmente desatualizada, precisamos de uma outra. Considero essa a mãe todas as reformas, teremos que lidar com isso em algum momento”, completou.

O candidato a vice na chapa de Bolsonaro, que lidera as pesquisas de intenção de voto, reforçou ainda a ideia de privatizações, caso seja eleito. “Tem que privatizar o que deve ser privatizado… na área do petróleo, a distribuição e o refino podem e devem ser privatizados”, afirmou ele, que descartou tentar a participação em debates enquanto o cabeça de chapa segue hospitalizado.

“O candidato é o Jair Bolsonaro, eu sou o apêndice dele, apenas isso. Não é o caso, a não ser que ele tome essa decisão e que os outros candidatos também aceitem. Isso não é uma coisa unilateral”, disse.

“Mulambada”

Mourão disse também que a proposta da chapa liderada por Bolsonaro é fazer acordos bilaterais com países desenvolvidos, ao invés da realização de acordos com países do Hemisfério Sul.

“Partimos para aquela diplomacia que foi chamada de sul-sul, e aí nos ligamos com toda a mulambada, me perdoe o termo, existente do outro lado do oceano e do lado de cá que não resultaram em nada, só em dívidas, e estamos tomando calote”, afirmou, referindo-se à política externa dos governos petistas.

“Vamos ter que ter novamente uma diplomacia que nos leve a acordos bilaterais, com aqueles grandes mercados.”

Questionado depois sobre o termo ‘mulambada’, ele disse que era “apenas para o auditório ficar mais satisfeito”.

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Wanderley Wang

    Gente, é por isso que o Bolsonaro está ganhando cada vez mais votos da parcela mais humilde da população, pois estão tocando em pontos cruciais e não vejo outro candidato falando nisso. São muitos os casos de mães e avós pedindo socorro aos conselhos tutelares e polícia por que o tráfico tá aliciando suas crianças. Os especialistas em Família e vários documentários apontam que a maioria (cerca de 95%) das crianças (de 7 a 12 anos) arregimentadas pelo tráfico são de famílias sem a presença do pai (algumas nunca conheceram o pai) e a mãe tem de trabalhar pra sustentar a casa. Os traficantes usam as crianças pra serem olheiros (fogueteiros) ou “aviãozinhos”. O assunto é grave. Por exemplo, perto dos bairros pobres e favelas precisa ter creches e escolas de período integral, pra não deixar essas crianças à mercê dos traficantes. Precisa começar a prestar atenção nesse problema.

    Já viram o documentário “Falcão – Meninos do Tráfico” produzido pelo rapper MV Bill?

  2. Hijikata Toushirou

    OBRIGADO por esse comentário. Me abriu muito os olhos e pode ter certeza que nada é em vão, pois essa perspectiva talvez seja o caminho para resolver o problema e expor os verdadeiros mal-feitores! Forte abraço!

  3. Eu achava que já tinha decidido meu voto pro Bonsonaro, este comentário das mães e avós foi totalmente infeliz!! E se desculpar pelas declarações do Bonsonaro referente às urnas que temos que entender por ele estar debilitado e dizer que é o apêndice do Bonsonaro, fez eu dar uma repensada no meu voto!! Fiquei que o pé atrás !!

  4. Lauro Michel

    Bebeto, infeliz foram as declarações de Marina Silva e Kátia Abreu. Como acertadamente comentou o Sr. Wanderley Wang acima, é notório que crianças sem pais são mais vulneráveis, tanto numa educação mais fragilizada no processo cognitivo quanto para serem alvos de criminosos, nem precisa ser sociólogo ou psicólogo para saber isso, o General Mourão está correto. E quanto às urnas eletrônicas é mais do que sabido que são fraudáveis, os técnicos mais entendidos no assunto no Brasil já examinaram nossas urnas ultrapassadas de primeira geração e confirmaram a possibilidade de fraude. Procure saber o que dizem os especialistas em ciências da computação como Pedro Rezende, Amilcar Brunazo e Graça Aranha, todos dizem a mesma coisa. E para piorar o TSE confiou e deu os códigos criptogradas de nossas urnas a uma empresa da Venezuela, inclusive rejeitando proposta do IME e do ITA que se ofereceram sem custos de fazer um novo programa para nossas urnas. Não achas isso muito estranho? A preocupação de Bolsonaro procede.

  5. There is definately a great deal to learn about this topic.
    I love all the points you have made.

  6. Bom dia, Lauro Michel. Qto às urnas eletrônicas eu também tenho desconfiança na autenticidade do sistema, eu referi na forma que o Mourão expressou em relação ao Bonsonoro querendo dizer que ele está debilitado, por isso não podemos considerar suas declarações, só isto. Agora sobre e tema principal foi infeliz no meu entender, eu acho que o estado é o principal culpado neste quesito crime organizado e drogas. Tenho uma pequena empresa com funcionários na faixa de 17 a 25 anos, a maioria foi o primeiro emprego com carteira assinada e moram na periferia, posso te garantir que mães e avós sabem lidar muito bem com a formação do caráter, muitos se perderam para o tráfico e crime organizado com pai e avô dentro de casa.Tenho uma empresa pequena por isso acabo participando nas suas vidas familiares e posso que te garantir que estes dados não condiz com a realidade, são apenas 25 anos convivendo com adolescentes 17 a 25 anos geralmente primeiro emprego morador da periferia.

  7. Leandro Rezende

    Quer dizer que uma mãe ou uma avó não tem capacidade de criar os filhos sozinhos e por isso os filhos viram desajustados e só a figura masculina (pai ou avô) que põe os filhos na linha. Mas que cara esquisito ou desajustado, será que a relação com a mãe ou a avó quando criança não foi muito feliz.

  8. cristiane santos

    EU sou mae solteira e entendi a posiçao dele. A verdade é que, uma familia desestruturada é sem duvida um problems principalmente na classe menos favorecida.As maes deixam seus filhos sozinhos para ir trabalhar e nao tem condicoes se pagar uma pessoa para estar com eles. Criancas e adolescentes sozinhos vao gerar problemas na sociedade. Pra isso Deus criou pai e mãe. As pessoas costumam pegar uma frase e fazer alarme. Acho isso de uma falta de inteligencia.

  9. Se as urnas são fraudulentas, pq o Coiso não reclamou?? Afinal, ele foi eleito por voto em urna eletrônica…

  10. Se as urnas são fraudulentas, pq o Coiso não reclamou?? Afinal, ele foi eleito por voto em urna eletrônica…

  11. Se abortar é assassina, se cria o filho sozinha sem o pai, tá criando desajustados pra abastecer o tráfico. Essas mulheres, são a escória de tudo de ruim q acontece na sociedade brasileira… Coitados desses homens q fazem filhos e não assumem.

  12. Esse camarada deveria ter tido uma aula de oratória, falar que o desajuste de famílias contribui para que crianças sejam aliciadas pelo tráfico até vai, agora dizer que toda a família sem pai é presa do tráfico, não é bem assim! Eu fui criada pela minha avo, com muito orgulho, e nunca nem cheguei perto de traficantes, o que predispõe ao crime é a falta de oportunidades, a miséria e um país que não valoriza o mérito individual.
    Isso é tão absurdo que existem milhares de famílias com pai alcoólatra, abusador, usuário de entorpecentes, e aí? Vão falar que estas famílias são “ajustadas”
    Eu votarei no Bolsonaro por conta da politica econômica que ele defende, porque se for ouvir as baboseiras que ele e este vice dele proferem… Os caras conseguem jogar CONTRA si próprios!

  13. Pois é, Daniele OTP.
    Fica mais fácil culpar a Avó e a Mãe a ausência do estado com creches, cursos, teatro, esporte e educação!!
    Vou falar uma coida, tem pai que não vale um tostão !!

  14. Vậy là hoàn tất các bước trên điện thoại.

  15. A frase foi infeliz, tenho visto muitas mulheres, mães e avós, corajosas trazendo de volta filhos e netos que, por causa do pai violento, terminaram fugindo de casa. Elas conseguem levar os filhos p caminhos mais seguros que muitos desses “pais” acham “uma coisa inútil”.
    Não é o gênero que garante a educação, mas a leniência e permissividade com que os filhos são tratados.

  16. Esta frase foi infeliz, tenho visto muitas mulheres, mães e avós, corajosas trazendo de volta filhos e netos que, por causa do pai violento, terminaram fugindo de casa. Elas conseguem levar os filhos p caminhos mais seguros que muitos desses “pais” acham “uma coisa inútil”.
    Não é o gênero que garante a educação, mas a leniência e permissividade com que os filhos são tratados.

  17. Daniele OTP Vc tem razão, tb sou eleitor do Bolsonaro e do Mourão, mas a frase foi muito infeliz. Não é o gênero que garante a educação, mas a leniência e permissividade com que os filhos e netos são tratados.
    Conheci avós, senhorinhas muito simples, mas de uma força inacreditável, elas não dão mole p molecada e podem se orgulhar dos cidadãos que elas praticamente criaram sozinhas.
    Muitas crianças são retiradas de pais irresponsáveis, drogados, bêbados, criminosos… e colocadas sob a responsabilidade das avós e são hoje pessoas de bem, tem até advogados que nunca mais viram seus pais e dão graças a Deus.
    Tenho visto muitas mulheres, mães e avós, corajosas trazendo de volta filhos e netos que, por causa do pai violento, terminaram fugindo de casa. Elas conseguem levar os filhos p caminhos mais seguros que muitos desses “pais” acham “uma coisa inútil”.

  18. Disse tudo, tem pais que só atrapalham ou pior fazem mais mal estando presentes do que se fossem embora. Sou eleitor desse cara, mas ele foi infeliz ao generalizar as pessoas e ao desvalorizar as corajosas e lutadoras avós e mães.

  19. marcia aparecida rodrigues e silva Silva

    Só queria fazer uma pergunta. Será que as avós e mães escolhem ser mães solteiras e criar os filhos sozinhos? O Brasil tá cheio de pai que só fez o filho e sumiu. Outra coisa se há drogas é pq há consumo. Quantos filhos de classe média alta se envolve no uso e no tráfico? Eu acho que realmente os tempos são outros e precisamos repensar os valores. Esse msm tipo machista que diz isso deve ser filho de chocadeira… aff Esse Bolsonaro e vice.

  20. Rogerio Machado

    quero ver esse safado falar da minhas avós na minha frente. Pode vir aqui em Pirassununga.

  21. Claudiane Ferraz

    É cada oportunidade que as pessoas perdem de ficarem caladas viu… Tsc tsc tsc…