Motorista de SP não precisa mais ir ao Detran para renovar CNH

O serviço de renovação simplificada reaproveita a última coleta biométrica do cidadão e emite automaticamente a Carteira Nacional de Habilitação (CNH)

Quem dirige em 85 cidades do estado de São Paulo não precisará mais ir ao Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo para renovar a carteira de motorista. A facilidade foi anunciada neste semana pela Prefeitura do estado e pode ser solicitada pelo portal do Detran-SP. Confira a lista dos 85 municípios onde o serviço está disponível.

O serviço de renovação simplificada reaproveita a última coleta biométrica do cidadão: foto, assinatura e digitais, e emite automaticamente a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), sem envolver unidades de atendimento. Para receber o documento em casa, basta agendar os exames médico e psicotécnico no portal, ir à clínica e pagar a taxa de emissão e de envio pelos Correios. A taxa do exame médico é de R$ 87,55. O psicotécnico custa R$ 102,14. O custo de envio pelos Correios é de R$ 54,77 e a entrega é feita em até sete dias úteis.

Pode utilizar o benefício quem tem CNH vencida ou a vencer em 30 dias, com foto e em situação regular (não estar suspensa ou cassada). Se houver necessidade de alterar dados (nome de casado, endereço, entre outros), bem como de nova coleta biométrica, ou caso o sistema identifique algum impedimento, o processo deverá ser efetuado presencialmente.

O serviço vale para condutores das categorias A (moto), B (automóvel) e A/B. De acordo com a Prefeitura de São Paulo, tais carteiras representam 82% do total de 24 milhões de habilitações registradas no estado. Já a renovação corresponde a mais de 50% dos serviços de CNH realizados nos postos do Detran-SP. Ao todo, são cerca de 300 mil renovações mensais.