Lava Jato não é exceção, diz Moro de empresa de Luís Claudio

Moro, sobre ação da PF em empresas de filho de Lula:

São Paulo – O juiz responsável pela Lava Jato, Sergio Moro, disse nesta terça-feira, 27, em palestra que a Lava Jato não é mais uma exceção.

E exemplificou com a decisão da juíza federal Célia Regina Orly Bernardes, que aceitou os argumentos do Ministério Público e permitiu as buscas nas empresas do filho do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Luís Claudio Lula da Silva, além de prisões de lobistas e condução coercitiva de alvos da Operação Zelotes.

As empresas são: LFT Marketing esportivo, Touchdown Promoção de Eventos Esportivos e Silva Cassaro Corretora de Seguros.

“Esses casos (investigações da Lava Jato) influenciam, positivamente. Ontem mesmo tem a decisão de uma colega juíza que pareceu importante”, disse.

A operação investiga fraudes em julgamentos no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), ligado ao Ministério da Fazenda. Segundo a PF, esta nova etapa investiga incentivos fiscais em favor de empresas do setor de automóveis.