Ministro lança programa para fortalecer turismo no Rio

Proposta objetiva a criação de uma agenda estratégica integrada para promoção turística dos municípios fluminenses

Rio de Janeiro – O ministro do Turismo, Vinicius Lages, lançou hoje (19), em Armação dos Búzios, Região dos Lagos do estado do Rio de Janeiro, o programa Lidera Rio Turismo. Resultado de parceria entre o Ministério do Turismo e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) nacional e regional, a proposta objetiva a criação de uma agenda estratégica integrada para promoção turística dos municípios fluminenses.

Segundo o ministro, o programa fortalece a estruturação de destinos turísticos. Eles são formados pelo conjunto de serviços, equipamentos, hotéis, bares, restaurantes e tudo que compõe o território para onde as pessoas se deslocam. “Em conjunto com lideranças municipais, o Lidera Rio Turismo trabalha para construir essa agenda de promoção do turismo e de qualificação, inclusive da sinalização turística, disse Lages.

Vinicius Lages adiantou que o ministério avalia a oportunidade de nacionalizar o programa, já que “outros destinos brasileiros se beneficiariam muito de um projeto que fortalece a capacidade de liderança pública e privada do turismo e, sobretudo, a construção de agendas integradas para o setor”. Conforme explicou, esse é um desafio para o Brasil, porque nem sempre um prefeito colabora com outro. “Ao criar uma base de convergência, o programa ajuda a superar o distanciamento entre gestores municipais. Com isso, ganha o turismo, o cidadão e, principalmente, o turista”, avaliou o ministro.

Diretor-superintendente do Sebrae/RJ, Cezar Vasquez informou que o programa envolve a realização de oficinas, tutoria para prefeituras, consultoria para análise ambiental, missão técnica e seminário internacional.

O secretário estadual de Turismo do Rio de Janeiro, Claudio Magnavita, disse à Agência Brasil que as oficinas têm três ramais. O primeiro deles é a visão sistêmica, que mostrará os ganhos que a atuação conjunta pode trazer para os municípios. No campo da inovação, será dado incentivo aos empresários para atuarem em conjunto com o poder público, estimulando a utilização de novos acessos de comunicação na área de informática e de instrumentos de busca e pesquisa, por exemplo. Será estabelecido também um relacionamento diferenciado na questão da capacitação e formação de mão de obra, inclusive de gestores.

Para o secretário estadual de Turismo, Claudio Magnavita, a iniciativa do Ministério do Turismo, com apoio da Secretaria de Estado de Turismo, valorizará uma ação municipalista. “Temos de fortalecer os municípios e a gestão pública do turismo nas cidades, independentemente do posicionamento partidário ou de agenda conflitante entre os municípios”, observou o secretário.

O lançamento do piloto do programa será em outubro, com curso para 25 gestores públicos e líderes empresariais de Cabo Frio, Arraial do Cabo, Armação dos Búzios e São Pedro da Aldeia. Entre março e outubro de 2015, o Lidera Rio Turismo será estendido às demais regiões fluminenses, entre elas a Costa Verde, a região serrana e o Vale do Café.