STF manda soltar Esteves e mantém prisão do senador Delcídio

Esteves terá de se sujeitar a medidas cautelares, como uso de tornozeleira eletrônica e restrições para deixar o país

Brasília – Apesar de ter revogado a prisão do banqueiro André Esteves, o ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF) estabeleceu medidas restritivas contra ele. 

Esteves será obrigado a comparecer em juízo, quando necessário, precisa de autorização para se locomover e usará tornozeleira eletrônica. Além disso, está proibido de exercer qualquer atividade pública ou econômica.

Zavascki revogou nesta quinta-feira, 17, a prisão de Esteves, do BTG Pactual, mas manteve as prisões do senador Delcídio Amaral (PT-MS) e do assessor dele, Diogo Ferreira. 

Os três são suspeitos de planejar a fuga do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró a fim de que ele não fizesse acordo de delação premiada.