Governo de MG investiga 1º caso suspeito de coronavírus em paciente de BH

A paciente, de 35 anos, chegou de Xangai no último sábado e apresenta problemas respiratórios compatíveis com a doença viral

São Paulo — Minas Gerais registrou o primeiro caso suspeito de infecção por coronavírus no Brasil em uma paciente que chegou a Belo Horizonte vinda da China no último sábado, informou a Secretaria de Saúde do Estado nesta quarta-feira.

A paciente, brasileira e que tem 35 anos de idade, veio de Xangai e foi atendida em uma Unidade de Pronto Atendimento da capital mineira com sintomas respiratórios compatíveis com doença respiratória viral aguda.

“O caso foi notificado como suspeito. Tendo em vista o contexto epidemiológico atual do país onde a paciente esteve, foi considerada a hipótese de doença causada pelo novo coronavírus, que é microorganismo de alerta sanitário internacional, considerando o potencial pandêmico com alto risco à vida e impacto assistencial”, disse a secretaria em nota.

“Apesar de não apresentar qualquer sinal indicativo de gravidade clínica, a paciente foi conduzida rapidamente para o HEM (Hospital Eduardo de Menezes)… Todas as medidas assistenciais para redução de risco de transmissão foram tomadas.”

Ainda de acordo com a nota, a paciente está clinicamente estável e o caso segue em investigação. A secretaria disse ainda que a paciente afirmou que não esteve na região chinesa de Wunhan, onde foram detectados casos de infecção pelo coronavírus, e não teve contato na China com pessoas que apresentassem sintomas da infecção.