Metrô de Fortaleza terá empréstimo de R$ 1 bi do BNDES

Dinheiro deverá ser usado para a construção da Linha Leste, de 12 quilômetros

Rio – Após dois anos funcionando em regime de testes na Linha Sul, o Metrô de Fortaleza (Metrofor), no Ceará, terá empréstimo de R$ 1 bilhão do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para a construção da Linha Leste, de 12 quilômetros.

O financiamento foi aprovado na última terça-feira, dia 17.

“A mobilidade urbana ganhou visibilidade política”, disse o diretor de Infraestrutura Social e Meio Ambiente do BNDES, Guilherme Lacerda, concordando que o tema ganhou ainda mais espaço no debate após os protestos de junho de 2013.

No entanto, segundo o executivo, desde antes dos protestos chegam ao banco de fomento cada vez mais projetos de investimento em transporte público, incluindo metrô.

A Linha Leste do Metrofor terá 12,4 quilômetros (11,1 quilômetros de trecho subterrâneo), com 13 estações, ligando o centro de Fortaleza à região da Avenida Santos Dumont.

O projeto faz parte dos investimentos propostos para o setor de mobilidade urbana no âmbito do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), informou o BNDES.

Segundo a imprensa cearense, as obras da Linha Leste começaram em janeiro. O trecho sai da estação Central e termina na estação Edson Queiroz, no bairro de mesmo nome.

Um decreto de maio passado determinou a desapropriação de 14 áreas no trajeto. A Linha Leste será a primeira totalmente subterrânea no Metrofor.

A Linha Sul foi instalada, em sua maior parte, sobre trilhos ferroviários já existentes, na superfície. Desde junho de 2012, a linha funciona em operação experimental, entre 8h e 12h, transportando 11 mil passageiros por dia, segundo a assessoria de imprensa do Metrofor.

Nos dias de jogos da Copa do Mundo em Fortaleza, o horário de funcionamento do metrô foi estendido. Ainda opera na capital cearense a Linha Oeste, de trens urbanos.

Esse trecho, porém, é antigo, com trens a diesel. Há um projeto de modernização da linha, nos moldes do que foi feito na Linha Sul.