Mesmo derrotado, Haddad venceu na maioria das cidades do país

Petista ganhou em 2.810 municípios e Jair Bolsonaro em 2.760. O presidente eleito, no entanto, foi melhor em grandes colégios eleitorais, como SP

São Paulo – O candidato derrotado Fernando Haddad (PT) foi vitorioso na maioria dos municípios brasileiros, na comparação com o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL).

De acordo a apuração concluída do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o petista venceu em 2.810 cidades e o pesselista em 2.760 municípios.

Apesar do resultado, a derrota de Haddad nas urnas se explica pelo fato de ele ter saído vencedor em municípios menores. Já Bolsonaro se destacou nas capitais e em grandes colégios eleitorais, como em São Paulo.

No total, Bolsonaro teve 55,13% dos votos válidos, ou 57,7 milhões. Já Haddad obteve 46,9 milhões, ou 44,87% da preferência do eleitorado brasileiro.

Na capital paulista, por exemplo, Bolsonaro teve 3,6 milhões de votos, e Haddad computou 2,4 milhões de votos.

O petista venceu em todos os estados do Nordeste — no Piauí, teve seu melhor desempenho, com mais de 1,4 milhão de votos, 77,05% dos votos válidos. Já Bolsonaro foi 1º colocado em toda a região Sul e também no Sudeste e no Centro-Oeste.

Com relação à eleição de 2014, o PT perdeu espaço nos municípios brasileiros. Naquele ano, Dilma Rousseff ganhou em 3.527 municípios. Seu rival, o candidato Aécio Neves (PSDB), obteve maioria em 2.043 cidades do país.

A queda da legenda, que se envolveu em diversos escândalos de corrupção nos últimos anos, foi de 20,3% no número de cidades em que obteve a maioria dos votos com Haddad neste ano.