MBL acusa o MAM de erotização infantil em performance

Depois de atacar exposição no Rio Grande do Sul, movimento acusa museu de São Paulo de erotização infantil

São Paulo – Uma performance no Museu de Arte Moderna (MAM), em São Paulo, é o novo alvo do Movimento Brasil Livre (MBL).

O grupo acusa a instituição de promover a “erotização infantil”, depois que começaram a circular imagens de um homem nu sendo tocado por uma criança.

A performance foi realizada pelo artista fluminense Wagner Schwartz, que participava do evento 35º Panorama da Arte Brasileira, na última terça-feira.

O ato, chamado La Bête, é baseado nos Bichos de Lygia Clark, que são esculturas de alumínio que podem ser manipuladas pelo público.

No caso em questão, registrado em vídeo, a criança toca rapidamente na mão do artista, depois na canela e nos pés, e em seguida engatinha de volta para a plateia.

O MBL acusa o museu de promover erotização infantil utilizando dinheiro público.

O MAM divulgou uma nota dizendo que as acusações são fruto de deturpação do contexto da obra.

Há algumas semanas, o MBL já tinha convocado um boicote à exposição Queermuseu, patrocinada pelo Santander no Rio Grande do Sul, gerando uma grande polêmica.

Veja também
Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Alan Teixeira

    Qualquer porcarias, bizarrice ou aberração vira arte se for pra criar publicidade. Lamentável! Fica uma sugestão, na próxima amostra podiam todos tomar veneno de rato e ficar espumando pela boca para ver as formas geométricas formadas pela espuma em contato com uma tela, oque acham? fica a dica!

  2. SoMmOrRo Bastos

    Não se trata de nenhum movimento político ou de partidos, e sim da indignação de milhares de cidadãos brasileiro com a falta de respeito e doutrinação de nossos filhos. O MAM emitiu uma nota informando que as respectivas crianças estavam acompanhada dos pais, oq não deixa de ser absurdo. Deveriam sim ter impedido a entrada de menores. Está chegando o dia em que haverão outdoors pelas ruas de nossas cidades de homens e mulheres nus (as) ou ate mesmo fazendo sexo e será considerado normal. Vergonha do que esse país está se tornando.

  3. Arte?
    vcs estao de brincadeira né?
    Isso é crime de atentado violento ao pudor, artigo 214 do Código Penal
    vcs perderam a noçao das coisas, seus insanos!

  4. Arte?
    vcs estao de brincadeira né?
    Isso é crime de atentado violento ao pudor, artigo 214 do Código Penal
    vcs perderam a noçao das coisas, seus insanos!

  5. Eduardo Cândido

    Por que usa a expressão “acusa” ? O fato não é óbvio? Se não é, por que censuraram a imagem? Por que cobrir a “arte”? Canalhas.

  6. Adalberto Malta

    Minha Gente o que é isso… não existe faixa etária, pra esse evento não é?? expor uma criança a essas condições e ainda chamar isso de arte…??? Kd o ministério público minha gente para defender o estatuto da criança e do adolescente??? isso é uma absurdo, uma irresponsabilidade.

  7. Hermes Sursena

    Comunistas FDP! Os pedofilos estao festejando, por que nao colocou a foto da criança tocando o cara? Quantos futuros abusos vai render essa “arte” de fdp? E eh bom que a mascara ta caindo, como de jornalsitas comunistas como essa luiza caligula! Vao se tratar!

  8. Gerson Armiliato

    Vai saber das taras sexuais daquele bando em volta da menina dando apoio aquela patifaria, mas as pessoas de modo geral e jornalistas especialmente apoiam e compactuam com aquilo que desejam.

  9. Gerson Armiliato

    Vai saber das taras sexuais daquele bando em volta da menina dando apoio aquela patifaria, mas as pessoas de modo geral e jornalistas especialmente apoiam e compactuam com aquilo que desejam.

  10. Privatizar os museus é mais que necessidade urgente.

  11. Fabricio Ranzeiro

    Se crianças estão sendo expostas à prática criminosa é preciso responsabilizar seus pais, pois estes são tão marginais quanto os organizadores do evento “cultural”.

  12. Humberto Quintao

    Se houvesse um Museu itinerante em um ônibus, um “artista” poderia ejacular em qualquer um que seria apenas “arte”.

  13. Liane Alegria Silveira

    Não foi o MBL, a indignação foi geral. É lamentável a manchete da revista. A propósito, se um pai não pode ensinar um ofício a uma criança, uma mãe maluca deveria ser impedida de expor sua filha, desnecessariamente, a essa situação exdrúxula. Isso não é arte, é aberração.

  14. Felipe Augusto

    EXAME manipuladora de informações pois divulgam uma matéria tomando partido por um lado e fazem crítica ao MBL, e ainda apoiam essa expressão de “arte” que fere a Constituição Federal no seu Art. 233 do Código Penal- Praticar ato obsceno em lugar público, ou aberto ou exposto ao público.

  15. Me parece que nem a revista esta confiante no que pública, uma vez que esconde a genitália na foto.
    Algo me diz que se mostra isso na internet não é o correto, acredito que também não seja correto expor menores a esse tipo de coisa.
    A foto em si é menos constrangedora que colocar uma criança exposta a um adulto nu.
    Colocar uma cena de uma pessoa sendo GOZADA (recebendo jatos de esperma na cara) é arte, então esta explicado o porque o juiz não prendeu o artista do Ônibus.
    Parafraseando outro internauta, isso equivale a pichação.

  16. Thiago Alexandre Agostinho

    O MBL é apenas um porta voz do povo brasileiro. Qualquer pessoa que analise as redes sociais perceberá que está longe de ser um “ataque do MBL”. Tudo isso faz parte da agenda esquerdista para desmoralizar e destruir a família, incentivando a pedofilia. O povo não vai engolir calado. Jornalista lamentável e esquerdopata.