Marina devolve comparação e sugere que Dilma lembra Collor

Em seu programa eleitoral desta terça, Dilma Rousseff comparou Marina à Fernando Collor e Jânio Quadros, dois ex-presidentes que não terminaram seus mandatos

São Paulo – “Se eu dissesse que uma pessoa que nunca foi eleita nem vereadora, aí sim ela poderia parecer com Fernando Collor de Mello”, disse Marina Silva, respondendo à comparação feita pelo programa eleitoral de Dilma Rousseff nesta terça-feira.

O programa da presidente atacou Marina Silva com um vídeo em que questionava a governabilidade da candidata a comparando com Jânio Quadros e Collor, dois presidentes brasileiros que não terminaram o mandato. 

“Duas vezes na nossa história, o Brasil elegeu salvadores da pátria, chefes do partido do eu sozinho. E a gente sabe como isso acabou”, disse o locutor. 

Marina Silva respondeu à provocação ao participar de uma sabatina promovida pelo jornal Estado de S.Paulo também nesta terça. “É uma escolha. A sociedade brasileira me conhece, conhece os valores que eu defendo, a luta que eu tenho há mais de 30 anos”, disse. 

“Comecei como vereadora, fui deputada, ministra do Meio Ambiente e senadora. Se eu disser que uma pessoa que não foi eleita nem vereadora foi eleita presidente do Brasil, aí sim ela poderia parecer com Fernando Collor de Mello”, concluiu, dando a entender que Dilma é quem deveria ser comparada ao ex-presidente.

Antes de ser eleita presidente em 2010, Dilma Rousseff nunca havia participado de uma eleição.