Marin admite preocupação com problemas nos estádios

O dirigente da CBF ficou especialmente preocupado com os problemas de acesso na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata, na região metropolitana do Recife

São Paulo – Preocupado com os problemas verificados no entorno dos estádios durante a primeira rodada da Copa das Confederações, José Maria Marin, presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e do Comitê Organizador Local (COL), afirmou nesta terça-feira que fará novas visitas às cidades-sede para tentar melhorar a situação para a Copa do Mundo de 2014.

O dirigente ficou especialmente preocupado com os problemas de acesso na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata, na região metropolitana do Recife, após o jogo de domingo entre Espanha e Uruguai. “Vamos visitar todos os estádios novamente, não só aqueles da Copa das Confederações, mas também os da Copa do Mundo”, prometeu Marin.

Ele não quis comentar os protestos realizados por todo o Brasil na segunda-feira – uma das críticas dos manifestantes é justamente contra a realização da Copa das Confederações e da Copa do Mundo no País -, mas afirmou que não acredita que eles serão realizados dentro dos estádios.

“Não posso me desviar do foco esportivo. As autoridades competentes saberão tomar providências adequadas. Cabe à CBF cuidar do que acontece dentro do estádio. E, nesse ponto, a torcida não terá problema”, explicou Marin.

As declarações de Marin foram dadas durante um evento em São Paulo, nesta terça-feira, quando a empresa Unimed Seguros anunciou a ampliação do patrocínio para todas as categorias da seleção brasileira – antes, era apenas para o time principal.