Manuela DÁvila chama Bolsonaro de covarde por ausência nos debates

Após rápida votação em Porto Alegre, a candidata agradeceu a presença dos jornalistas e mostrou confiança na vitória neste segundo turno das eleições 2018

Porto Alegre – A candidata a vice na chapa de Fernando Haddad (PT) à Presidência da República, Manuela DÁvila (PCdoB), criticou o adversário Jair Bolsonaro (PLS), a quem chamou de “homem covarde” por ter ficado de fora dos debates.

“É um homem covarde, que se ausentou dos debates, não valorizou os pactos do nosso País, um homem que não consegue conviver com as críticas, que não consegue conviver com o pensamento diferente, que nos últimos dias já disse que quem discorda dele se prepare ou para a prisão ou para o exílio”, afirmou Manuela, em entrevista à imprensa.

Manuela votou na manhã deste domingo em um colégio no bairro Petrópolis, zona norte de Porto Alegre. Ela estava acompanhada de sua mãe e de políticos do PT e do PCdoB gaúchos. Em sua chegada, ela foi recebida com flores por um grupo de apoiadores.

Após rápida votação, a candidata agradeceu a presença dos jornalistas e mostrou confiança na vitória neste segundo turno das eleições 2018. “Tenho a convicção de que as milhares de pessoas que foram às ruas de forma voluntária se engajar na nossa campanha, em defesa da democracia e da liberdade, produziram a maior virada da história das eleições do Brasil”, disse.

Manuela DÁvila passa a manhã em Porto Alegre com a família e viaja às 13h para São Paulo, onde acompanha a apuração dos votos.