Mantega designa “substitutos” para chefe de gabinete

O chefe de gabinete do ministro e o chefe da assessoria técnica e administrativa do gabinete pediram férias para poderem se defender de acusações

Brasília – O ministro da Fazenda, Guido Mantega, designou os servidores Ernani César e Silva Cabral e Pedro Augusto Junger Cestari para, nesta ordem, substituírem o seu chefe de gabinete, Marcelo Fiche, durante afastamentos e impedimentos legais.

A portaria com a indicação dos dois substitutos está publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira.

Nesta semana, o chefe de gabinete do ministro da Fazenda, Marcelo Fiche, e o chefe da assessoria técnica e administrativa do gabinete, Humberto Alencar, pediram férias para, afastados, poderem se defender das acusações publicadas pela Revista Época de que teriam recebido propina de R$ 60 mil da empresa Partnersnet Comunicação Empresarial, que presta serviços de assessoria de imprensa ao Ministério.

A empresa e os dois assessores de Mantega negam as acusações.