Manifestantes tomam escadas de locais públicos na Cinelândia

O ato que marca o Dia do Professor começou na Candelária e saiu em passeata pela Avenida Rio Branco

Rio de Janeiro – As escadarias do palácio Pedro Ernesto, sede do Legislativo Municipal, do Theatro Municipal e da Biblioteca Nacional, na Cinelândia, já estão sendo ocupadas por integrantes da manifestação que marca o Dia do Professor, na capital Fluminense.

O ato começou na Candelária e saiu em passeata pela Avenida Rio Branco.

Os manifestantes gritam palavras de ordem contra o governador Sérgio Cabral e o prefeito Eduardo Paes e criticam a Polícia Militar.

Além disso, pedem mais investimentos para as áreas de educação e saúde.

Também participam do protesto representantes de movimentos estudantis e de partidos políticos, grupos que pedem igualdade de gênero e sindicalistas e representantes de associações.