Manifestantes pedem aprovação do Plano Diretor em SP

Manifestantes interditam parte do Viaduto Jacareí, no centro. Segundo a PM, protesto é pacífico e outras 2 mil pessoas devem se juntar ao grupo nesta quarta

São Paulo – Um grupo formado por cerca de mil manifestantes ligados ao Movimento de Moradia Popular estão reunidos na frente da Câmara Municipal de São Paulo nesta quarta-feira, 23, reivindicando a aprovação do Plano Diretor.

Eles interditam parte do Viaduto Jacareí, no centro da cidade. Segundo a PM, o protesto é pacífico e outras 2 mil pessoas devem se juntar ao grupo ainda nesta quarta.

Os manifestantes prometem acampar no local caso o texto não seja votado nesta quarta-feira.

“Queremos assegurar que as Zonas Especiais de Interesse Social sejam mantidas, e viemos aqui para fiscalizar. Se não houver votação hoje, vamos dormir nas barracas que trouxemos”, afirmou José de Abraão, coordenador geral da União dos Movimentos de Moradia (UNM).

Segundo ele, a entidade indicou para a prefeitura 400 áreas para construção de moradias populares.

Na tarde desta quarta, o Plano Diretor irá passar pela Comissão de Política Urbana da Câmara antes de seguir para votação.

A comissão é presidida por Andreas Matarazzo (PSDB) e o relator é o vereador Nabil Bonduki (PT).

Os vereadores Police Neto (PSD), Dalton Silvano (PV), Nelo Rodolfo (PMDB), Paulo Frange (PTB) e Toninho Paiva (PR), também formam a comissão.