Manifestantes fazem novo ato por Marielle no centro do Rio

Convocado pelas redes sociais, o ato reuniu bem menos gente, mas também paralisou a região central da cidade

Rio de Janeiro – A morte da vereadora do Rio de Janeiro Marielle Franco (PSOL) motivou, na noite desta sexta-feira, 16, mais uma manifestação no centro do Rio. Convocado pelas redes sociais, com os mesmos motes daquela realizada na noite anterior (que o crime seja solucionado e que as bandeiras defendidas por Marielle permaneçam), o ato reuniu bem menos gente, mas também paralisou a região central da cidade.

Às 17 horas, os ativistas começaram a se reunir em frente à sede da Assembleia Legislativa, na Rua Primeiro de Março. Por volta das 18 horas, o grupo saiu em caminhada pela via em direção à igreja da Candelária e dali para a Cinelândia, pela Avenida Rio Branco. Cerca de 15 pessoas mascaradas picharam fachadas de bancos e estações do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), mas até as 19h15 não havia registro de tumultos durante o ato.