Manifestantes anti-Lula marcham em direção a ato petista em Curitiba

A ideia, diz organizador, é chegar o mais perto possível do local onde se concentram apoiadores do ex-presidente e, com barulho, impedir discurso

Curitiba – As cerca de 200 pessoas que se reuniam neste momento na Praça Dezenove de Dezembro, no Centro de Curitiba, em um protesto contra a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, iniciaram uma marcha para tentar chegar o mais perto possível da Praça Santos Andrade, onde o petista deve realizar o ato de encerramento de sua caravana pelo Sul do País. A distância entre os dois locais é de 750 metros.

Do alto de um carro de som, um dos organizadores do protesto anti-Lula, vestido com a camisa com o rosto do juiz Sérgio Moro, perguntou aos manifestantes se queriam marchar até a praça Santos Andrade e a resposta foi positiva da grande maioria.

“É possível que não vamos conseguir chegar até a Praça mas vamos tentar. A polícia está do nosso lado”, disse o consultor Marcos Silva, membro do grupo Amigos da Lava Jato. A ideia, diz, é chegar o mais perto possível do local onde se concentram apoiadores do ex-presidente. “Vamos fazer barulho para ele não conseguir discursar”, disse. “Temos uma pegadinha para chegar perto: uma faixa com os dizeres Lula nosso eterno presidente”, completou.

Os organizadores dizem que pretendem fazer um ato pacífico, mas ao menos um manifestante foi visto pela reportagem com o rosto coberto e uma caixa de ovos na mão.