Curtas – uma seleção do mais importante no Brasil e no mundo

Manifestações pelo Brasil; Magalu faz nova oferta por Netshoes…

Manifestações pelo Brasil
O presidente Jair Bolsonaro recebeu neste domingo, um voto de confiança de seus eleitores, que foram às ruas de várias cidades do país para apoiar reformas propostas pelo governo que enfrentam resistência no Congresso. Segundo o G1, houve manifestações em 156 cidades de 26 estados. Além da reforma da Previdência e do pacote anticrime do ministro Sérgio Moro, estavam no centro das atenções dos manifestantes o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, e o chamado “Centrão”, apontados como vilões que impedem o avanço da agenda do governo. Bolsonaro elogiou as manifestações pacíficas e Sergio Moro disse que são “festa da democracia”.

Nova oferta por Netshoes
O varejista Magazine Luiza apresentou, na noite deste domingo, uma nova oferta para comprar a varejista online Netshoes, de 93 milhões de dólares. O valor 50% maior que os 62 milhões inicialmente oferecidos e maior também que os 87 milhões de dólares oferecidos pela concorrente Centauro na semana passada. A oferta da Centauro fez as ações da Netshoes subirem 40% num só dia em Nova York — como o a bolsa americana está fechada nesta segunda-feira, o impacto deve ser visto amanhã. Na sexta-feira, Frederico Trajano, presidente do Magazine Luiza, enviou uma carta ao conselho de administração da Netshoes afirmando que a proposta da Centauro “foi feita de forma oportunista, com o potencial objetivo de prejudicar a transação”.

Compra de 106 mil armas
O Ministério da Justiça prepara uma megalicitação para a aquisição de 106 mil pistolas, que serão distribuídas para a Força Nacional e a policiais civis e militares dos estados, segundo o jornal O Globo. É a primeira vez que o órgão promove uma licitação desse tipo, que prevê a participação de empresas estrangeiras e tem custo estimado de 444 milhões de reais. Parte das armas será bancada pelo governo federal e outra terá de ser adquirida pelas secretarias de Segurança Pública dos estados.

Witzel contra a crise fiscal
O governador do Rio, Wilson Witzel (PSC), afirmou que o Estado tem “todas as possibilidades” para superar sua crise fiscal. Em entrevista à Band transmitida nesta segunda-feira, 27, Witzel disse que a expectativa positiva em relação à produção do pré-sal “tem se concretizado” e estimou que os royalties do petróleo devem atingir R$ 20 bilhões neste ano, “o que deixa o Estado num conforto”. Por isso, disse o governador, o Estado deve começar a descontingenciar recursos do orçamento a partir do segundo semestre para realizar investimentos em áreas como saúde, agricultura, educação e “especialmente nas polícias”.


Rebelião em Manaus deixa 15 mortos
Quinze detentos foram mortos no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), em Manaus, por volta das 12h30 deste domingo, 26. Segundo a Secretaria de Comunicação do Governo do Amazonas, os óbitos ocorreram durante uma briga entre os presos. A situação foi controlada por volta das 15 horas, mas a falta de informações deixou familiares sob tensão na entrada do Complexo. A unidade é a mesma onde em 2017 aconteceu um massacre com 56 mortos.

Partido do Brexit lidera votações
O Partido do Brexit, liderado pelo populista Nigel Farage, lidera com grande vantagem a apuração dos votos das eleições deste domingo no Reino Unido para o Parlamento Europeu. Com os votos apurados em 26 das 373 localidades correspondentes às 12 regiões britânicas que participaram do pleito, o partido de Farage obteve 33% dos votos, seguido pelo Partido Liberal Democrata, que defende a manutenção do país na União Europeia, com 20,1%. O Partido Trabalhista, do líder da oposição ao governo da agora ex-primeira-ministra Theresa May, está no terceiro lugar, com 16,1% da preferência do eleitorado britânico. Os Verdes ocupam a quarta colocação, com 10,6%, à frente do Partido Conservador, que era liderado por May, com 8%.