Manifestações já se espalham pelo interior de SP

Na noite de segunda-feira, 17, cerca de 600 manifestantes impediram a saída dos vereadores da Câmara Municipal de Bauru, no interior do Estado de SP

Sorocaba – Manifestações de protesto protagonizadas por jovens e estudantes espalham-se também pelo interior de São Paulo. Na noite de segunda-feira, 17, cerca de 600 manifestantes impediram a saída dos vereadores da Câmara Municipal de Bauru, em protesto contra o reajuste na tarifa de ônibus e a renovação do contrato da prefeitura com as empresas de transporte.

Ante a ameaça de invasão do prédio, um grupo de vereadores recebeu representantes dos estudantes. As duas pistas da Av. Rodrigues de Moraes, a principal da cidade, foram tomadas pelos manifestantes. O protesto adentrou a madrugada de terça-feira. A Polícia Militar acompanhou a manifestação sem intervir.

Em Itapetininga, região de Sorocaba, mais de 300 pessoas saíram às ruas para protestar contra um reajuste de até 50%. Os manifestantes tomaram as ruas depois de ocupar o prédio da Câmara, levando os vereadores a suspender a sessão. Quando o grupo se dirigiu ao shopping da cidade, a administração mandou fechar os portões, mas eles decidiram bloquear a saída dos veículos.

Em Votuporanga, cerca de 200 manifestantes com cartazes e pinturas no rosto exigiram liberdade de expressão. O grupo seguiu para a Câmara, acompanhado pela Polícia Militar. Não houve confronto.

Houve protesto também em Angatuba, na mesma região. Estudantes universitários e alunos de cursos técnicos foram às ruas contra as mudanças na concessão de auxílio transporte a quem estuda fora do município. A entrada principal da cidade foi bloqueada. No município de Tupã, cerca de 100 estudantes se reuniram na Praça da Bandeira e rumaram até a entrada da Câmara.

Eles protestavam contra o valor da tarifa de ônibus, de R$ 2,30, e contra a corrupção. Em Araraquara, mais de 300 pessoas pararam o trânsito na região central contra o preço na tarifa de ônibus e pedindo liberdade de expressão. Parte da rua São Bento foi bloqueada. Na tarde desta terça-feira, um grupo voltou a se mobilizar, ocupando a praça Santa Cruz, na área central.

Mais protestos

Na quinta-feira, 20, estão previstas manifestações em várias cidades do interior. Em Campinas, o encontro será no Largo do Rosário, no centro, e cerca de 50 mil pessoas confirmaram presença através de redes sociais. A PM prepara um plano de ação para evitar confronto.


Em Sorocaba, o movimento Domínio Público pretende levar mais de mil pessoas ao Largo do Canhão, no centro, contra o aumento na tarifa de ônibus, que subiu de R$ 2,95 para R$ 3,15. Será o terceiro protesto realizado na cidade. Estão planejados atos também em Ribeirão Preto, São Carlos e Botucatu.