Maluf quer ser candidato à prefeitura de SP em 2016

Mesmo com sua candidatura barrada pela Lei da Ficha Limpa, Maluf foi o oitavo deputado federal mais votado de São Paulo nas eleições de 2014

São Paulo – O hoje deputado federal Paulo Maluf pode ser o candidato do PP (Partido Progressista) à prefeitura de São Paulo nas eleições municipais de 2016. A informação é da coluna da jornalista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo.

Segundo a assessoria de imprensa do deputado, Maluf teria afirmado em reunião que se coloca à disposição do PP para disputar o pleito do próximo ano. Por ora, ele deve apresentar sua candidatura à presidência do partido que irá decidir a nova liderança em junho.

Mesmo com sua candidatura barrada pela Lei da Ficha Limpa, Maluf foi o oitavo candidato mais votado do estado de São Paulo na disputa por uma vaga na Câmara dos Deputados no ano passado. Ao todo, ele teve 250.296 votos – o maior número do partido. 

No final de dezembro, por quatro votos a três, a Justiça Eleitoral reverteu a decisão que impedia o ex-prefeito de São Paulo de assumir o cargo. Com isso, no último dia 1º de fevereiro, ele iniciou seu quarto mandato na Câmara dos Deputados.

Maluf foi duas vezes prefeito da cidade de São Paulo – uma delas durante a ditadura militar, além de governador do estado. Em novembro de 2013, o deputado federal foi condenado pela Justiça de São Paulo por improbidade administrativa devido a irregularidades na execução do contrato da obra do Complexo Viário Ayrton Senna, na capital paulista.

Se o PP acatar a sugestão de Maluf, a corrida para o cargo de prefeito de São Paulo vai ser no mínimo interessante. Além do atual prefeito Fernando Haddad, a senadora Marta Suplicy (que está a um passo de deixar o PT) e o deputado federal Celso Russomano (PRB-SP) também devem entrar na disputa.