Mais de 3 mil sindicatos podem desaparecer com reforma

A afirmação foi feita pelo ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, ao portal de notícias G1

São Paulo – Com o fim do imposto sindical, determinado pela reforma trabalhista, que entra em vigor neste sábado, mais de 3 mil sindicatos podem desaparecer. A afirmação foi feita pelo ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, ao portal de notícias G1. 

Agora, o trabalhador não é mais obrigado a contribuir, anualmente, com o equivalente a um dia de trabalho para o sindicato que o representa (o correspondente a 4,5% de um salário). Estima-se que o fim do imposto afetará 30% da receita dos sindicatos.

Na avaliação do ministro, com a mudança, parte dos sindicatos deverá se fundir a outros. Atualmente, cerca de 11,3 mil sindicatos representam os trabalhadores no país. Ronaldo Nogueira disse ao G1 que acredita que os sindicatos menos representativos – que, ao seu ver, são aqueles que não realizaram nos últimos três anos acordos coletivos – tendem a desaparecer.

O ministro descartou a possibilidade de haver um período de transição para o imposto sindical deixar de existir. Segundo ele, a nova lei trabalhista, que determina o fim da cobrança, será respeitada.

A idéia é que a partir de agora a contribuição sindical seja facultativa e que o valor para subsidiar as despesas dos sindicatos seja acordado em assembléia com os trabalhadores. Em 2016, o imposto sindical arrecadou R$ 3,53 bilhões.

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. carlos jose dos santos

    E isso é ruim? Esses sindicatos sanguessugas tem que se phoder de verde e amarelo para deixarem de ser vermelhos.

  2. sinesio gimene

    É POUCO pra quem tem mais de 15000 sindicatos de bandidos, espero que suma uns 14000

  3. sinesio gimene

    sindicatos nao protege os trabalhadores eles protegem o proprio bolso, eles gostam da mala preta cheia de dinheiro, otarios trablhadores, eles nao querem o teu bem

  4. Ricardo Regueira

    É a falta de brasilidade, é antipatriotismo, incivilidade o que estes políticos inescrupulosos estão fazendo com esta infeliz Pátria. Aproveitadores politiqueiros, vêm para a tv, tomando carona na sanha da mídia e imprensa em derrubar Temer, difamando e jogando o povo contra o governo, a ver se conseguem um lugar ao sol, para de novo dilapidar o patrimônio público.

    1. Ricardo Regueira

      Faltou dizer que a reforma de Temer é modernizadora, justa com o trabalhador e patrão, e coloca a legislação trabalhista brasileira e sua filosofia em patamar de países desenvolvidos, e isto está perturbando os esquerdistas petralhas e seus aliados biguzeiros. Ser contra o governo Temer, é ser contra o Brasil.

  5. HAMILTON DUARTE SILVA

    ACABOU A MAMATA VAGABUNDOS

  6. SUELI ISHIBASHI

    Ótimo. Alguma coisa nessa imprestável Reforma Trabalhista.Os sindicatos são a extensão da Máfia política.

  7. Finalmente um avanço. Agora é avançar pra cima das Operadoras de plano de saúde e Qualicorps(do amigao do Lula) da vida para acabar com essa mamata de plano de saude vinculado a entidade de classe.

  8. Nada como boas notícias!
    Se dependesse de mim, os sindicatos seriam extintos.