Maioria dos mananciais de SP registra queda pelo 2º dia

Cantareira registrou queda de 0,1 ponto porcentual neste sábado

São Paulo – A maior parte dos mananciais que abastecem São Paulo registrou mais um dia de queda em seus níveis de água, segundo dados divulgados pela Companhia de Saneamento Ambiental do Estado de São Paulo (Sabesp). O sistema Rio Claro foi a exceção, enquanto Rio Grande e Guarapiranga permaneceram estáveis.

O principal manancial, o Cantareira, registrou queda de 0,1 ponto porcentual, passando de 15,2% ontem para 15,1% neste sábado apesar das chuvas. No cálculo negativo, porém, o reservatório teve alta de 0,1 p.p. e opera com -14,2%. O terceiro índice do sistema que aponta o manancial com 11,7% permaneceu estável.

No mês, o indicador que mede o acúmulo de chuvas (pluviometria) no Cantareira subiu de 0,2 milímetros ontem para 2,1 mm hoje. A média histórica para setembro é, segundo a Sabesp, de 86,6 mm.

Demais mananciais

O sistema Rio Claro, único a registrar elevação hoje, foi a 58,2%, contra 57,9% ontem. Alto Tietê, assim como o Cantareira, teve redução de 0,1 p.p., para 13,2%. No Alto Cotia, a queda foi maior, de 0,2 p.p., para 52,3%.

Os sistemas Guarapiranga e Rio Grande mantiveram seus níveis estáveis neste sábado, conforme a Sabesp, em 66,8% e 80,2%, respectivamente.