Lula terá cela especial em prédio da PF em Curitiba

Espaço era usado como dormitório por policiais de fora de Curitiba em missão na cidade. Rotina de Lula será parecida a de outros presos

São Paulo – O ex-presidente Lula terá uma cela isolada no prédio da Polícia Federal (PF) em Curitiba, caso seja de fato preso por corrupção e lavagem de dinheiro no caso do tríplex do Guarujá.

A cela fica na cobertura do prédio da PF no bairro Jardim Santa Cândida, de acordo com o Estadão. O espaço, que não era originalmente uma cela, foi reformado para abrigar o ex-presidente quando ele for preso.

“Esclareça-se que, em razão da dignidade do cargo ocupado, foi previamente preparada uma sala reservada, espécie de Sala de Estado Maior, na própria Superintendência da Polícia Federal, para o início do cumprimento da pena, e na qual o ex-Presidente ficará separado dos demais presos, sem qualquer risco para sua integridade moral ou física”, escreve o juiz Sérgio Moro em seu despacho.

O espaço era, originalmente, um alojamento para policiais de outras cidades que estivessem a trabalho em Curitiba. O espaço fica no Núcleo de Inteligência Policial, diz a Folha de S. Paulo.

Isolada da carceragem no segundo andar do prédio, a cela no quarto andar tem 15 metros quadrados e uma cama de solteiro com um colchão. O banheiro tem pia, vaso sanitário e chuveiro sem box.

A rotina deve ser similar a de outros presos no prédio, como o ex-ministro José Palocci e Léo Pinheiro, sócio da OAS (a construtora que teria oferecido o apartamento triplex no Guarujá a Lula como propina). Lula terá direito a duas horas de banho de sol por dia e a visitas. Essas atividades, no entanto, serão realizadas em horário distinto do de outros presos.

Negociações

Emissários da PF negociaram com dirigentes do Partido dos Trabalhadores (PT) os termos para a prisão e o espaço onde ficará Lula, de acordo com o jornal Folha de S.Paulo.

A escolha foi por conta da situação delicada. O jornal afirma que o contato teria sido feito para dar “alguma dignidade” a um ex-presidente preso. O espaço será vigiado 24 horas por dia por policiais federais.

Lula tem até as 17h desta sexta-feira para se apresentar à Polícia Federal em Curitiba. Caso contrário, a PF poderá buscá-lo. Ainda não se sabe se o ex-presidente se entregará ou se não.