Lula entra na campanha de Porto Alegre

O ex-presidente entrou na campanha eleitoral com uma participação no programa do candidato Adão Villaverde

Porto Alegre – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entrou na campanha eleitoral para a prefeitura de Porto Alegre com uma participação no programa do candidato Adão Villaverde (PT) exibido na televisão nesta segunda-feira.

“Agora que a gente tem uma mulher gaúcha governando este País (referência à presidente Dilma Rousseff, mineira que fez carreira política em Porto Alegre), seria importante ter um prefeito do PT para que esta harmonia entre o governo municipal, o governo estadual e o governo federal pudesse multiplicar as energias”, afirmou Lula, sentado ao lado de Villaverde e com a mão sobre o braço do parceiro político. O ex-presidente sustentou ainda que Porto Alegre precisa, depois de oito anos, voltar a contar com a experiência do PT. E justificou o motivo. “Para que a gente possa provar que nós temos muita competência para administrar o nosso País, o nosso Estado e a nossa prefeitura”, reiterou.

As imagens do encontro de Lula com Villaverde foram gravadas na semana passada, em São Paulo. “Queremos governar Porto Alegre aproveitando este bom momento do Brasil que o senhor e a presidente Dilma ajudaram a consolidar”, agradece Villaverde num trecho do diálogo. A expectativa da campanha é que a exibição de depoimentos de apoio de petistas de expressão nacional e a lembrança dos laços do candidato com o governo do Estado e o governo federal façam os índices de intenção de voto em Villaverde subirem.

Na pesquisa do Ibope para o Grupo RBS divulgada pelo jornal Zero Hora no dia 1º de setembro Villaverde tinha 5% da preferência dos 805 entrevistados. Manuela D’Ávila (PC do B), tinha 37%, e José Fortunati (PDT), candidato à reeleição, 35%. A diferença entre os dois configura empate técnico porque a margem de erro é de três pontos porcentuais para mais ou para menos. A pesquisa foi registrada no TRE/RS sob o número 00099/2012.