Lugo se submete a exames em São Paulo e encontra Lula

A cassação de Lugo foi criticada por líderes de vários países da região

São Paulo – O ex-presidente paraguaio Fernando Lugo, que viajou para São Paulo para submeter-se a uma revisão médica, se reuniu nesta sexta-feira com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em um encontro no qual destacaram a importância da solidariedade regional para ‘reforçar a democracia’.

Segundo um comunicado do Instituto Lula, os dois conversaram durante aproximadamente uma hora e Lula expressou seu desejo que se restabeleça a ‘normalidade democrática’ no Paraguai.

Fernando Lugo foi cassado no último mês de junho em um ‘julgamento político’ no Congresso paraguaio motivado pela morte de 17 policiais e camponeses em um tiroteio durante uma ação de despejo de sem terras em uma fazenda cuja propriedade era disputada por um empresário e pelo Estado.

A cassação de Lugo foi criticada por líderes de vários países da região e provocou a suspensão do Paraguai do Mercosul.

Lugo se deslocou a São Paulo para submeter-se a exames médicos depois que, em janeiro, os médicos anunciassem que seu linfoma havia remetido.

Após seu encontro com Lula, o ex-presidente paraguaio declarou que ‘todos os resultados foram muito positivos’ e que se encontra ‘limpo’.

O ex-presidente paraguaio brincou com o fato de visitar Lula, seu ‘companheiro na desgraça e a doença’ e acrescentou que ‘sem dúvida’ falaram de câncer, doença que ambos sofreram.