Líderes discutem rito de votação do impeachment

Outro tema em discussão é o tempo que será dado para que cada parlamentar discuta na sessão de votação do parecer na comissão

Brasília – Líderes partidários estão reunidos na tarde desta terça-feira, 5, no gabinete do presidente da comissão especial do impeachment, deputado Rogério Rosso (PSD-DF), para discutir o rito da votação do parecer de admissibilidade pelo afastamento da presidente Dilma Rousseff.

Entre os temas em pauta nesta tarde está um possível cenário de judicialização do processo.

A ideia de Rosso é de discutir com os líderes como a comissão se posicionará diante de eventuais ações judiciais que interrompam o andamento do processo.

Outro tema em discussão é o tempo que será dado para que cada parlamentar discuta na sessão de votação do parecer na comissão.

Em princípio, cada deputado teria 15 minutos para falar. Mas a ideia é reduzir esse tempo de modo a fazer com que a sessão não dure as 23 horas estimadas inicialmente.

Também está em pauta o horário da apresentação do relatório do deputado Jovair Arantes (PTB-GO). O relator disse mais cedo que estará pronto para apresentar seu parecer às 14h de amanhã, mas o temor de Rosso é que a apresentação venha a ser interrompida pelo início da ordem do dia na tarde de amanhã.