Levy deve sair, mas Dilma não tem sucessor, diz Valor PRO

Henrique Meirelles aparece na lista de possíveis substitutos, mas não terá carta branca da presidente

São Paulo – Em meio ao clima de incerteza sobre o futuro do Ministério da Fazenda, a presidente Dilma Rousseff admitiu que Joaquim Levy deixará o cargo em breve. A informação foi publicada hoje no Valor Pro. 

De acordo com fontes ligadas à publicação, Dilma ainda não bateu o martelo sobre quem será seu substituto. Henrique Meirelles, ex-presidente do Banco Central é o nome mais cotado para ocupar o cargo. O que a presidente sinalizou, no entanto, é que ele não teria carta branca e que a política econômica deverá continuar a mesma.