Leão de 300 quilos é furtado de instituição em SP

Os ladrões arrombaram o portão da propriedade e depois o da jaula e levaram Rawell, de 9 anos

Franca – Uma instituição que trata de animais vítimas de maus-tratos, localizada em Monte Azul Paulista (SP), teve um leão de quase 300 quilos furtado nesta quinta-feira, 01.

Os ladrões arrombaram o portão da propriedade e depois o da jaula e levaram Rawell, de 9 anos, provavelmente após atingi-lo com dardos de tranquilizantes.

As Polícias Civil e Ambiental foram informadas e tentam localizar os autores do furto. Para isso já contam com algumas pistas. Uma caminhonete com três homens e uma mulher teria sido vista próxima ao local.

E, de acordo com o responsável por cuidar do leão, Oswaldo Garcia Junior, o antigo dono do animal, que vive no Paraná, estaria ameaçando tomá-lo de volta.

Ele afirma que o leão foi doado ao Criadouro Conservacionista São Francisco de Assis há quase cinco anos. Teria chegado ao local bastante debilitado, mas agora estaria recuperado e saudável.

Um animal bem cuidado e com possibilidade de viver ainda mais cerca de 20 anos valeria perto de R$ 100 mil no mercado negro.

Vizinhos contaram que perceberam uma movimentação na madrugada, no momento do furto, mas disseram que não desconfiaram porque o local recebe muitos bichos.

Rawell era considerado um hóspede dócil, apesar do tamanho e do apetite – ele come mais de 5 quilos de carne por dia.