Lava Jato cogita novo inquérito contra Lula, diz Estadão

De acordo com o jornal, os investigadores consideram que existem elementos de prova de que Lula buscou obstruir de investigações e da Justiça

A força-tarefa da operação Lava Jato considera que o depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao juiz Sérgio Moro reforçou os indícios reunidos por investigadores de atuação do ex-presidente em atos de obstrução à Justiça, segundo reportagem do jornal O Estado de S. Paulo nesta segunda-feira.

De acordo com o Estadão, os investigadores da Lava Jato consideram que existem elementos de prova de que Lula buscou obstruir o trabalho de investigadores e da Justiça, com episódios que envolvem suposta destruição de provas e intimidação de autoridades e testemunhas do processo, ao longo dos três anos de investigação.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Girlando Ramos Medrado

    Prenda logo esse cara, o que estão esperando. Aff, a coisa não sai do lugar