Kátia Abreu será vice de Ciro Gomes em chapa puro-sangue do PDT

O anúncio oficial será feito na manhã desta segunda-feira (6), na sede nacional do PDT, em Brasília. Kátia trocou o MDB pelo PDT em abril

São Paulo – A senadora Kátia Abreu será candidata à vice-presidência pelo PDT na chapa de Ciro Gomes.

A informação, antecipada pela Folha de São Paulo, foi confirmada pela assessoria da parlamentar à Reuters e pelo presidente do partido, Carlos Lupi, ao Broadcast Político.

O anúncio oficial será feito na manhã desta segunda-feira (6), na sede nacional do PDT, em Brasília.

Kátia tem ligação histórica com a bancada ruralista e já foi presidente da Confederação Nacional da Agricultura (CNA) por anos.

Foi eleita pelo Estado de Tocantins em 2006, pelo DEM (então PFL), e reeleita para o mesmo cargo em 2014.

No ano seguinte, assumiu o cargo de ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento durante o segundo governo de Dilma Rousseff.

Defensora da ex-presidente, votou contra o impeachment e acabou sendo expulsa do MDB em novembro do ano passado.

Ela se filiou ao PDT em março deste ano e concorreu ao governo de Tocantins em eleição fora de época: ficou em quarto lugar, mas até agora manifestava intenção de concorrer ao mesmo cargo em outubro.

A escolha de Ciro por uma chapa “puro-sangue” ocorre após a frustração nas negociações de coligação com uma série de partidos.

Diante de acordos regionais com o PT (Partido dos Trabalhadores), o PSB oficializou neste domingo (05) a neutralidade na corrida nacional.

Já o chamado “centrão” (DEM, PR, PP, PRB e Solidariedade) se aliou a Geraldo Alckmin (PSDB).

Ciro tem em sua base apenas o Avante, enquanto Marina Silva (Rede) tem apenas o PV (Partido Verde).

(Com informações da Reuters e Estadão Conteúdo)