Júri de dois réus do caso Eliza Samudio é suspenso

A sessão precisou ser suspensa porque uma testemunha de defesa não compareceu ao Tribunal

São Paulo – Começou nesta quarta-feira, 28, o julgamento de mais dois réus do caso Eliza Samudio. Elenilson Vitor da Silva e Wemerson Marques são acusados de sequestrar e manter em cárcere privado o filho de Eliza com o ex-goleiro Bruno Fernandes, Bruno Samudio.

No entanto, logo após o sorteio dos jurados, a sessão precisou ser suspensa porque uma testemunha de defesa não compareceu ao Tribunal.

O julgamento teve início um pouco depois das 9h, no Fórum Doutor Pedro Aleixo, em Contagem, região metropolitana de Belo Horizonte (MG). A juíza Marixa Fabiane Lopes Rodrigues chegou a sortear os jurados: cinco mulheres e dois homens.

Segundo o Tribunal de Justiça de Minas Gerais, o júri permanecerá suspenso até que a testemunha seja localizada. Os dois réus aguardam o julgamento em liberdade.