João Paulo Cunha se entregará ainda hoje, diz advogado

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, determinou em relação a Cunha, no início de janeiro, o cumprimento das penas por corrupção e peculato

Brasília – O deputado João Paulo Cunha (PT-SP) vai se entregar ainda nesta terça-feira, 04, para iniciar o cumprimento da pena determinada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no julgamento do caso do mensalão.

“Ele se entrega hoje. Estamos vendo qual o melhor local”, disse nesta terça Alberto Toron, advogado de João Paulo Cunha.

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, determinou em relação a Cunha, no início de janeiro, o cumprimento das penas pelos crimes de corrupção e peculato, que somam seis anos e quatro meses, e para as quais não cabe mais recurso.

Na ocasião, entretanto, o ministro não expediu o mandado de prisão, o que foi feito somente hoje.