Jefferson diz que joga “momento mais difícil da vida”

O delator do mensalão e condenado a sete anos e 14 dias de prisão pelo esquema declarou não ter arrependimento

Rio – Após dois dias sem falar com a imprensa, o ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB-RJ), delator do mensalão e condenado a sete anos e 14 dias de prisão pelo esquema, disse, por volta do meio-dia desta quarta-feira, 20, que está “jogando o momento mais difícil da vida”.

“Não tenho arrependimento e faria tudo de novo. Agradeço à imprensa pois só cheguei até aqui por conta dela, mas não posso falar mais nada, pois sigo orientação do meu advogado”.

Jefferson está em sua casa no município de Comendador Levy Gasparian, que fica na divisa entre o Rio e Minas Gerais, a 130 quilômetros da capital fluminense.

Lá, o ex-deputado aguarda a expedição da ordem de prisão e afirma que vai esperar pela Polícia Federal sem deixar o local, quando o mandado for emitido. Hoje, o ex-deputado só saiu à rua para chegar à outra casa que mantém no mesmo quarteirão. Após alguns minutos, voltou ao imóvel principal da propriedade, acompanhado pela mulher.