Janot tem outra lista de envolvidos nos desvios da Petrobras

Segundo Procuradoria Geral da República, a expectativa é que lista com nomes de pessoas sem foro especial seja enviada na semana que vem para o STJ

São Paulo – A expectativa da Procuradoria Geral da República é que, até a próxima semana, seja apresentada uma nova relação de supostos envolvidos com o esquema de corrupção da Petrobras.

Segundo o órgão, a lista conteria nomes de pessoas que não possuem foro especial, cujos casos seriam analisados pelo Supremo Tribunal de Justiça.

De acordo com a coluna do Lauro Jardim, da revista Veja, governadores, ex-senadores e ex-deputados federais seriam contemplados na nova relação. 

Na última terça, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) 28 pedidos de abertura de inquérito contra 54 pessoas que podem ter ligação com os crimes investigados pela Operação Lava Jato

O conteúdo dos pedidos ainda não foi revelado, mas, de acordo com jornais, Eduardo Cunha, presidente da Câmara dos Deputados, e Renan Calheiros, presidente do Senado, teriam sido informados pelo vice-presidente da República, Michel Temer, que estariam na lista enviada por Janot.

Segundo o jornal Folha de S. Paulo, os senadores Fernando Collor (PTB-AL), Edison Lobão (PMDB-MA) e Gleisi Hoffmann (PT-PR), além do deputado federal Nelson Meurer (PP-PR) também estariam na lista.

A expectativa é que o ministro Teori Zavascki, relator do caso, retire o sigilo dos inquéritos até a próxima sexta-feira (6).