Jair Bolsonaro se aproxima da campanha presidencial de 2018

“O grande adversário de Bolsonaro nas redes sociais não é Aécio nem Lula. É Doria”, diz Manoel Fernandes, diretor da Bites

Um fantasma ronda o Palácio do Planalto. Esguio e de sorriso largo entremeado pelo cenho franzido no qual desponta um olhar desconfiado, Jair Bolsonaro é um homem de passos largos e – completam seus adversários – “ideias estreitas”. Está no sétimo mandato parlamentar e, pelo ritmo de novos adeptos que conquista no Facebook – de 3 mil a 7 mil por dia -, cada vez mais se aproxima da campanha presidencial de 2018 como o principal candidato da extrema direita.

As mídias sociais são hoje o maior motor de seu fazer político. Para seus adversários – que Bolsonaro denomina genericamente como “a esquerda”, na qual inclui PT, PCdoB, PSOL e até a Rede – em 2018 o capitão reformado do Exército “representará para a extrema direita reacionária e saudosista da ditadura militar a oportunidade de sair do armário” (palavras do deputado Chico Alencar, do PSOL-RJ).

“Com sua forma bruta e tosca, ele agrada aos desencantados com a política”, afirma Alencar. Com 11% nas intenções de voto para presidente da República segundo pesquisa CNT/MDA, de fevereiro, o deputado estava empatado em segundo lugar.

As polêmicas nas redes sociais, onde combate “o politicamente correto”, fizeram o deputado passar a falar para fora de seus clientes tradicionais do meio militar. Bolsonaro deixou de ser apenas um capitão do Exército para se tornar também o arquétipo do tio conservador que toda família do interior do País abriga. Quer ordem na escola, ordem na família, quer ordem, enfim. “Há excesso de direitos no Brasil”, diz.

Ele é, para o professor de Ciência Política José Álvaro Moisés, da USP, expressão de um fenômeno que tem um componente de crítica às instituições e aos políticos e de rejeição a temas identitários e de direitos humanos. “É uma crise das elites em um certo sentido, que perderam a capacidade de mobilizar a sociedade.” De 12% a 13% dos eleitores pensariam como o deputado. “É o que mostram as pesquisas.”

Bolsonaro tem 1,85 metro de altura e é um homem sorridente. Em uma hora de caminhada pelo Congresso atendeu a 61 pedidos de selfies e fez 12 gravações de mensagens distribuídas pelo WhatsApp ou Facebook. Um dos que posaram ao lado do deputado foi o técnico do time de basquete da Francana, Hélio Rubens Garcia Filho, o Helinho. Horas mais tarde, longe da Câmara, Helinho diria que tirou a foto só por curiosidade. “Quem mais me impressiona hoje na política é o Doria (João Doria, prefeito de São Paulo).”

Seguidores

Recebido em aeroportos do País por centenas de pessoas aos gritos de “mito”, Bolsonaro leva nas viagens assessores que cuidam das redes sociais. De acordo com o indicador de alcance social da consultoria Bites, que soma os fãs e seguidores do Facebook, Twitter, Instagram, YouTube e Google+, o deputado saltou de 44 mil seguidores, em março de 2015, para 5,04 milhões até sexta-feira, crescimento de 11.344%. Entre 1.º de fevereiro e 20 de março, seus posts no Facebook geraram 1.038.672 compartilhamentos, o que mostra como ele distribui suas ideias.

E nenhuma ideia lhe é mais cara do que os ataques à distribuição nas escolas do que ele chama de “kit gay”, o material anti-homofobia preparado pela ONG Pathfinder para o Ministério da Educação na gestão de Fernando Haddad (PT). O post Livros do PT alcançou 38,4 milhões de pessoas e o vídeo que ele trazia foi assistido por 8,2 milhões. “Para o PT, brevemente a pedofilia deixará de ser crime”, diz Bolsonaro. “O kit gay foi uma catapulta na minha carreira política”, reconhece.

A gestão de Haddad informou que “o chamado kit gay nada mais era do que material técnico para formação de professores”. Haddad ocupa um espaço especial no gabinete do deputado em Brasília. Bolsonaro pendurou na porta a foto do petista no aperto de mão de Lula com deputado federal Paulo Maluf (PP), em 2012. Sobre Bolsonaro, Haddad conclui: “O Brasil está em busca de um estadista, e não de um palhaço”.

Brigas

É o deputado quem comenta os posts em seu Facebook. Ali, ele agradece o apoio e até briga com os seguidores. Em 2 de março, um deles o questionou sobre o pacote anticorrupção. Resposta de Bolsonaro: “Você é a prova viva dessa matéria. Parabéns, só falta o DIPROMA”. “Ele é fake ou é um mortadela contratado que tem cérebro de ovo cozido”, explica Bolsonaro. Outro dia, conta o deputado, uma pessoa entrou em seu perfil e escreveu: “Deputado, esse seu projeto é uma bosta”. “Eu falei: ‘Muito obrigado, tem a sua cara’.”

No Carnaval, compartilhou um vídeo do humorista Rudy Landucci, que criou o personagem Beiçonaro. Na paródia de Mamãe eu Quero, Beiçonaro canta: “Mamãe eu quero executar/os comunistas/os comunistas/ pro Brasil melhorar”. “Um dia ele (Bolsonaro) foi me procurar e me ligou como se fosse um trote. Ele entrou na brincadeira”, conta Rudy.

“O grande adversário de Bolsonaro nas redes sociais não é Aécio nem Lula. É Doria”, diz Manoel Fernandes, diretor da Bites. De um total de 47 milhões de interações dos últimos 300 posts das fanpages de Doria, Bolsonaro, Lula e Aécio, Doria teve 23,3 milhões de interações, seguido por Bolsonaro (14,7 milhões), Lula (8,1 milhões) e Aécio (985 mil).

Bolsonaro faz planos. “Ele pensa no País acima de tudo”, diz o amigo coronel Ney Müller. Se presidente, o deputado queria ter como conselheiro Delfim Netto e o general Augusto Heleno em seu ministério. Como vice na chapa em 2018, pensa no ex-governador do Piauí Mão Santa.

Contrário à independência do Banco Central, ao casamento gay, às cotas raciais e ao Estatuto do Desarmamento, o deputado citou sete vezes o presidente americano Donald Trump em quatro horas de entrevista ao falar de como lidar com a questão ambiental, a exploração de minérios em terras indígenas e perguntas embaraçosas da imprensa. “Daria uma de Trump: ‘Fake news, passa para outro’.” E alertou: “Vocês (jornalistas) vão bater tanto em mim que vão fazer a minha campanha.”

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Pode não ter um projeto de governo, porém é o único que fala a verdade nesse país tomado por LIXO político. Tem tudo para ir ao segundo turno em 2.018. E ao meu ver, sem concorrente à altura.

  2. Lucas Ottoni

    Extrema-direita p**** nenhuma. O que nós temos no Brasil é extrema-imprensa e o compromisso jornalístico com a mentira.

    1. Renato Gomes

      Bravo! Extrema-imprensa é brilhante, não há mais veículos de massa isentos ou minimamente responsáveis na elaboração de matérias, parece que só há um monte de moleques nas redações.

  3. carlinhus.silva silva

    Quando a matéria diz que, Jair Bolsonaro é de extrema esquerda, eu até parei de Ler. Queria saber pq de tantas mentiras em relação ao Bolsonaro, será que ele é tão ruim assim pra esse jornalistas

    1. Daniel Sousa

      Então leia direito, que isso não foi escrito nessa matéria.

    2. Daniel Sousa

      Então você deve estar lendo outra matéria, não nessa em que comentou
      Porque isso não foi dito aqui.

  4. kaio vinicius mecenas de morais

    ´Bolsonaro presidente 2018.

  5. Gilmar Lopes Vieira Vieira

    PELO MENOS O CARA NÃO É LADRÃO

  6. VERDE e AMARELO

    TUDO QUE COMUNISTA FALA É SEMPRE MENTIRA, CALÚNIA, DISTORÇÃO, É SEMPRE PARA ENGANAR… TODA TEORIA MARXISTA NÃO PASSA DE UM ARDIL PARA DESVIAR A ATENÇÃO DO QUE REALMENTE É O COMUNISMO: UM MANUAL DE ENGANAÇÃO, DOMINAÇÃO, DESUMANIZAÇÃO, ESCRAVIZAÇÃO E GENOCIDIO, REALMENTE… SÃO OS IRMÃOS GÊMEOS DOS NAZISTAS!!

  7. VERDE e AMARELO

    VIVA BOLSONARO!! A RESISTÊNCIA CONTRA O COMUNISMO, POIS TUDO QUE ELES FALAM É SEMPRE MENTIRA, CALÚNIA, DISTORÇÃO, É SEMPRE PARA ENGANAR… TODA TEORIA MARXISTA NÃO PASSA DE UM ARDIL PARA DESVIAR A ATENÇÃO DO QUE REALMENTE É O COMUNISMO: UM MANUAL DE ENGANAÇÃO, DOMINAÇÃO, DESUMANIZAÇÃO, ESCRAVIZAÇÃO E GENOCIDIO, REALMENTE… SÃO OS IRMÃOS GÊMEOS DOS NAZISTAS!!

  8. Fala em passar o Brasil a limpo e quer Mão Santa como vice?

  9. Marcos Antonio

    Extrema Direita? Para os esquerdopatas de plantão consideram de direita que? FHC, Aloyzio Nunes, José Serra, o PSDB, pelo que sei da história todos esses são adoradores da extrema esquerda de CUBA, nunca vi um conservador católico de direita colocar alguém no paredão, fuzilar ou fazer justiçamento, nunca vi judeu jogar gay de cima de prédios, queimar pessoas dentro de jaulas, enterrar pessoas vivas ou decepar suas cabeças. E justamente são essas pessoas que a esquerda defende, os palestinos e o estado islâmico, o Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores (NAZI) era de extrema direita? Partido da Social Democracia do Brasil é extrema direita? Quem tem o social e socialista em suas siglas são de extrema direita? Poderiam me colocar a par o que significa extrema direita agora fiquei confuso.

  10. Mario importts

    Um dos poucos nomes que me fará votar para presidente é Bolsonaro.Vamos que vamos o povo dará a resposta.

  11. Francisco Lopes Junior

    Que matéria tendenciosa, pra não dizer de mau caráter

  12. Pedro Evandro Montini

    “Vocês (jornalistas) vão bater tanto em mim que vão fazer a minha campanha.”

  13. Hermes Alves de Matos

    Só votarei para presidente e se Bolsonaro for candidato. Vou votar nulo para todos os cargos, estou enojado de tantos canalhas! Mão Santa é atrapalhado mas é um bom cidadão, ou Elias Lama…

  14. Flavio Santos

    Caramba!!
    Além de não ser populista, e apresentar propostas que resolvem, mesmo que não sejam com palavras que esquerdopatas adoram, ainda gostaria de ter como conselheiro o grande patriota General Augusto Heleno (tão perseguido pelos ditadores petistas)…
    Terá meu voto, com certeza, e ainda farei campanha com meus próprios recursos!

  15. Flavio Santos

    Uma matéria tendenciosa, de esquerda. Falando verdades e ao mesmo tempo, tentando influenciar o pensamento dos leitores, publicando as falas do safado do Chico Alencar (PSOL).
    Sem contar, a frase forçada, somente para colocar o tal vídeo onde o Bolsonaro supostamente “passou vergonha” ao bater continência ao outro herói nacional, o Juiz Sérgio Moro…

    Exame.com: Selecionem melhor seus colunistas. Coloque gente com pensamento neutro, e tire esses tranqueiras de esquerda daí!

  16. A imprensa como o judiciário brasileiro, são uma farsa.

  17. Sassá Mutema

    Bolsonaro presidente!

  18. Sassá Mutema

    A imprensa é podre e tendenciosa. BOLSONARO PRESIDENTE!!!!