Itaquera só tem a ganhar com o “Fielzão”

Região já sente efeitos positivos no setor imobiliário com a possibilidade da construção do estádio no bairro

São Paulo – As últimas notícias sobre a construção do estádio do Corinthians, a ser erguido no bairro de Itaquera, extremos leste de São Paulo, não são muito animadoras. Apesar de a Odebrecht, maior construtora da América Latina e responsável pela obra, já ter dado início a terraplanagem no terreno, o ministro dos Esportes, Orlando Silva, avisou que a empresa tem até julho para reduzir em 20% a estimativa de custo para a construção ou o “Fielzão” voltará a ser apenas sonho da torcida corintiana.

E os moradores só têm motivos para comemorar: para incentivar, leia-se “garantir”, que São Paulo não fique de fora da Copa por falta de estádio, a Prefeitura e Governo do Estado anunciaram pacote de incentivo para melhorias em infraestrutura, principalmente em transportes, medida que vai se transformar em melhorias para a região e vai valorizar imóveis e terrenos. Estima-se que, desde o anúncio da escolha de Itaquera para a construção da arena, imóveis e terrenos locais tenham valorizado em 20%.

O programa Imóveis em 360 graus desta semana foi até Itaquera e visitou o canteiro de obras do possível futuro lar do Corinthians:

/libc/player/liquid3.swf