Isso é conversa, diz Barbosa sobre convite do PSB

O Estado revelou esta semana que Barbosa foi convidado por integrantes do PSB para ser candidato, pelo partido, a uma vaga de senador pelo Rio de Janeiro

Brasília – O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Joaquim Barbosa, afirmou nesta quinta-feira, 20, que é “conversa” que foi convidado por integrantes do PSB para se filiar ao partido.

“Não, não”, afirmou, antes da sessão da Corte que julga recursos do processo do mensalão.

Questionado se será candidato nas eleições de outubro, ele respondeu: “Isso é conversa”.

O Estado revelou esta semana que Barbosa foi convidado por integrantes do PSB para ser candidato, pelo partido, a uma vaga de senador pelo Rio de Janeiro.

Pela legislação eleitoral, o presidente do Supremo pode se filiar ao partido até 5 de abril, seis meses antes da eleição.

Mensalão

Joaquim Barbosa não quis se comprometer sobre o resultado do julgamento desta quinta-feira, quando condenados do mensalão podem se livrar de penas por crime de formação de quadrilha.

“Não tenho interesse nenhum. Der o que der, para mim (tanto faz)”, disse Barbosa.