Isolado pelas cheias, Acre decreta estado de emergência

Governador declarou estado de emergência em função do isolamento causado pelas cheias do Rio Madeira, em Rondônia

Rio Branco – O governador do Acre, Tião Viana (PT-AC), decretou nesta quarta-feira, 26, estado de emergência em função do isolamento causado pelas cheias do Rio Madeira, em Rondônia.

Em declaração divulgada pela assessoria de governo, Viana usa o termo “isolamento pleno” para expor a gravidade da situação.

“Hoje o Rio Madeira já alcança a cota de 18,57 metros, um índice já impressionante, considerado por alguns o maior desastre ambiental que a Amazônia já viveu e nós temos uma situação de quase isolamento pleno, por via rodoviária, na BR-364 no lado de Rondônia”, afirmou o governador.

“O governo tem adotado todas as medidas com segurança, se antecipando às dificuldades que possam decorrer dessa provável obstrução da BR para a população”.