No DF, Rollemberg tem 28%, Frejat e Agnelo, 21%

Candidato do PSB cresceu na preferência do eleitorado após a desistência do ex-governador José Roberto Arruda

Brasília – A pesquisa Ibope/TV Globo divulgada há pouco pelo DFTV da Rede Globo aponta uma mudança no cenário eleitoral do Distrito Federal, com o crescimento da preferência do eleitorado pelo candidato Rodrigo Rollemberg (PSB), após a desistência do ex-governador José Roberto Arruda na disputa pelo governo do DF.

A primeira pesquisa após a troca de Arruda por Jofran Frejat na chapa do PR aponta Rollemberg como primeiro colocado, com 28% das intenções de voto. Na pesquisa de 26 de agosto, o candidato do PSB tinha 16% da preferência do eleitor.

Em segundo lugar, estão empatados os candidatos Jofran Frejat (PR) e o atual governador Agnelo Queiroz (PT), ambos com 21%. Na pesquisa anterior, Agnelo tinha 16% e Arruda liderava a disputa com 37%.

Luiz Pitiman (PSDB) tem 5% das intenções de voto; Toninho do PSOL, 3%; e Perci Marrara (PCO) não atingiu 1%. Votos brancos e nulos somam 12% e parcela de 10% dos entrevistados dizem não saber ou não responderam.

A pesquisa foi realizada nos dias 16 e 17 de setembro e ouviu 1.204 eleitores. O nível de confiança é de 95%, com margem de erro de 3 pontos porcentuais para cima ou para baixo.

O Ibope apurou também cenários para o segundo turno no DF. Em uma disputa entre Rollemberg e Frejat, o candidato do PSB venceria com 45% e o candidato do PR teria 29% dos votos. Numa disputa entre Rollemberg e Agnelo, o pessebista venceria com 53% e o petista, 24%. Em eventual disputa entre Frejat e Agnelo, o candidato do PR venceria com 43% e Agnelo receberia 29% dos votos.

Rejeição

A rejeição dos candidatos também foi apurada pela pesquisa Ibope/TV Globo. Agnelo Queiroz tem a maior taxa de rejeição, 45%; seguido por Frejat, 13%; Perci Marrara (PCO), 12%; Toninho do PSOL, 12%; Pitiman, 11%; Rollemberg, 6%.

Fatia de 7% dos entrevistados disse que poderia votar em todos os candidatos. Parcela de 17% não sabe ou não respondeu.

Avaliação do governo

O Ibope ouviu ainda a opinião dos eleitores sobre a atual administração do governador Agnelo Queiroz (PT): 48% consideram ruim ou péssimo; 31% regular e 18% ótimo.

A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TER) sob o número DF-00043/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-00672/2014.