Ibope: Em São Paulo, Bolsonaro se isola com 30% das intenções de voto

Geraldo Alckmin e Fernando Haddad estão empatados com 13%; Ciro Gomes teve queda e registra 8%, contra 11% da pesquisa anterior

São Paulo – O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, se consolidou como líder na preferência do eleitorado de São Paulo, enquanto o presidenciável do PSDB, Geraldo Alckmin, que governou o Estado por quatro mandatos, caiu e agora está empatado com o petista Fernando Haddad, de acordo com pesquisa Ibope.

O instituto mostrou Bolsonaro com 30 por cento da preferência do eleitorado paulista, ante 23 por cento no levantamento anterior divulgado no dia 10, enquanto Alckmin caiu 5 pontos, e agora tem os mesmos 13 por cento de Haddad, que cresceu 6 pontos em comparação com a sondagem anteior, de acordo com a pesquisa divulgada no site do jornal O Estado de S. Paulo.

O levantamento anterior do Ibope mostrava Alckmin numericamente atrás de Bolsonaro, mas em empate técnico praticamente no limite da margem de erro, que é de 3 pontos percentuais. O candidato do PSL aparecia com 23 por cento, contra 18 por cento do tucano.

A sondagem mostrou ainda que o candidato do PDT, Ciro Gomes, soma 8 por cento, contra 11 por cento na pesquisa anterior. Assim, o pedetista está tecnicamente empatado com Alckmin e Haddad. Marina Silva (Rede) aparece com 6 por cento, ante 8 por cento, e tem empate técnico com Ciro.

Pesquisa Ibope nacional divulgada na terça-feira mostrou Bolsonaro na liderança da corrida presidencial com 28 por cento, seguido por Haddad, que subiu 11 pontos e se isolou na vice-liderança com 19 por cento.

Para a pesquisa em São Paulo, o Ibope ouviu 1.512 pessoas no Estado entre domingo e terça-feira.

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Alberto Carlos Nascimento

    1° turno