Homem dado como desaparecido nos escombros de prédio é localizado em MG

Com a confirmação de que Artur Hector de Paula está vivo, o Corpo de Bombeiros busca seis pessoas, oficialmente

Um homem que constava na lista de desaparecidos nos escombros do prédio Wilton Paes de Almeida, no Largo do Paiçandu, foi encontrado vivo, nesta quarta-feira, 9, em uma cidade na região metropolitana de Belo Horizonte (MG).

A família informou à Polícia que Artur Hector de Paula, de 46 anos, está em Minas. A tia dele, Irani de Paula, havia registrado na segunda-feira, 7, um boletim de ocorrência para informar o desaparecimento dele.

Com a confirmação de que Artur está vivo, o Corpo de Bombeiros busca seis pessoas, oficialmente, que estão desaparecidas nos escombros do prédio que pegou fogo e desabou na madrugada do dia 1º de maio.

São elas: Francisco Dantas, de 56 anos, Selma Almeida da Silva, 41 e os filhos gêmeos de 10 anos Werder e Wendel e o casal Eva Barbosa Lima, de 42 anos e Walmir Souza Santos, de 47 anos.

Na última sexta-feira, 4, os bombeiros encontraram a primeira vítima, identificada como Ricardo Oliveira Galvão, de 39 anos.

O resgate de Ricardo foi impossibilitado por uma questão de segundos. Ele já estava amarrado a equipamentos de segurança quando o prédio desabou.