Hemocentro de SP está com estoque de sangue em estado crítico

O estoque de três tipos de sangue está em estado crítico: O positivo, O negativo e B negativo

A Fundação Pró-Sangue Hemocentro de São Paulo está com o estoque de três tipos de sangue em estado crítico: O positivo, O negativo e B negativo. O tipo A negativo está em nível de alerta. Os demais A positivo, B positivo, AB positivo e AB negativo estão com níveis estáveis.

“Nós vamos ter três dias de estoque para esse sangue [que está em nível crítico]. Os doadores desses tipos precisam aparecer para gente repor o estoque, que tem duração de pouco tempo. Nessa época do ano é ruim porque as pessoas acabam viajando, ficando preocupadas com outros assuntos, e a gente acaba não tendo um movimento bom de doadores de sangue”, destaca a médica hematologista da fundação, Renata Paula Panzani de Moraes Barros.

Para fazer a doação de sangue, o doador deve estar em boas condições de saúde; ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos (menores de 18 anos precisam de autorização); pesar no mínimo 50 kg; estar descansado; estar alimentado (evitar alimentação gordurosa nas quatro horas que antecedem a doação); e apresentar documento original com foto recente.

Na capital paulista, o Hemocentro tem cinco pontos de coleta: Posto Clínicas, na avenida Dr. Enéas Carvalho de Aguiar, 155; Posto Dante Pazzanese, na avenida Dr. Dante Pazzanese, 500; Posto Regional de Osasco, na rua Ari Barroso, 355; Posto Barueri, na rua Angela Mirella, 354; e Posto Mandaqui, na rua Voluntários da Pátria, 4227.

Respostas a dúvidas sobre a doação e os horários específicos de funcionamento de cada posto podem ser obtidos pelo Alô Pró Sangue (11) 4573-7800. Uma lista com motivos que impedem a doação pode ser vista no site da Pro Sangue e no site do Ministério da Saúde.