Hashtag “A culpa é do Witzel” lidera no Twitter após morte de menina no RJ

Em segundo lugar está a hashtag "Eu Sou Bolsonaro", em apoio ao presidente, que fará discurso na Assembleia-Geral da ONU

Assuntos ligados à política nacional mobilizam o Twitter na manhã deste sábado (21). Dos dez assuntos mais comentados na rede social, a hashtag “A culpa é do Witzel” está em primeiro lugar, em referência à morte de uma menina de oito anos, que foi atingida por uma bala perdida na noite de ontem no Complexo do Alemão (RJ). Nas publicações, usuários questionam o governo do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), sobre uma possível participação da Polícia Militar na ação.

Em segundo lugar está a hashtag “Eu Sou Bolsonaro”. Nas postagens referentes à hashtag, usuários da rede social publicam fotos e textos de apoio ao presidente Jair Bolsonaro, que fará discurso na Assembleia-Geral da ONU. Entre os posts, usuários pedem para o mandatário resgatar a credibilidade do Brasil no exterior e elogiam as ações do governo federal.

Uma menina de oito anos morreu na madrugada deste sábado, 21, após ser atingida por um disparo de fuzil durante ação da Polícia Militar do Rio de Janeiro no Complexo do Alemão na noite da última sexta-feira. A morte de Agatha Vitória Sales Félix foi confirmada pela direção do Hospital Estadual Getúlio Vargas.

Agatha estava com a avó em uma Kombi na comunidade da Fazendinha no Complexo do Alemão, quando foi atingida nas costas por uma bala de fuzil. A Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP) afirmou que vai abrir um procedimento apuratório para ‘verificar todas as circunstâncias da ação’.