‘Governo não condena ninguém sem provas’, diz Dilma

Dilma também afirmou que não irá aceitar "que alguém seja condenado sumariamente".

Brasília – Em nota divulgada após o encontro com o ministro do Esporte, Orlando Silva, a presidente Dilma Rousseff afirmou “que o governo não condena ninguém sem provas e parte do princípio civilizatório da presunção da inocência”.

Após a reunião, que culminou com a permanência do ministro no cargo, apesar das sucessivas denúncias, Dilma também afirmou que não irá aceitar “que alguém seja condenado sumariamente”.