Governo monitora possíveis protestos durante julgamento no TSE

O ministro do Gabinete de Segurança Institucional, Sergio Etchegoyen, evitou falar na possibilidade de convocação das Forças Armadas

Brasília – O ministro do Gabinete de Segurança Institucional, Sergio Etchegoyen, afirmou que o governo está monitorando possíveis protestos nesta terça-feira, 6, durante o julgamento da chapa DilmaTemer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O ministro, entretanto, evitou falar na possibilidade de convocação das Forças Armadas, medida que causou polêmica no mês passada durante violentos protestos em Brasília.

“As manifestações são legítimas e não há nenhum tipo de sobressalto. Obviamente que, se forem repetidos aqueles atos que aconteceram na outra semana, o governo estará preparado para tomar medidas que restrinjam e minem episódios de violência. E não necessariamente com as Forças Armadas”, disse o ministro, ressaltando que não falaria mais sobre o assunto por se tratar de um “exercício de adivinhação” e também de eventual antecipação das ações de inteligência.

Apesar da previsão de alguns protestos, a Esplanada dos ministérios estará aberta normalmente.

De acordo com fontes do Planalto, não há nos monitoramentos a expectativa de um grande público como no protesto do último dia 24.

Na ocasião, após relatos de violência, o presidente Michel Temer decidiu decretar o emprego de homens das Forças Armadas para “conter a barbárie”.

Reforço

Apesar de a Esplanada estar aberta, de acordo com informações do TSE, devido à expectativa de que um grande número de pessoas circulará no prédio, a segurança no local e nos arredores será reforçada.

O policiamento, que começará às 8h de terça-feira, se estenderá por todo o perímetro dos prédios do TSE, Superior Tribunal de Justiça, Tribunal Superior do Trabalho e embaixadas da Austrália, Reino Unido, França e Estados Unidos.

Além disso, segundo o órgão, os estacionamentos localizados ao redor do prédio do TSE serão interditados a partir da meia-noite desta segunda-feira e haverá retenção de veículos em dois trechos a partir das 17h.

Em nota, o TSE informa ainda que algumas horas antes do início do julgamento, cães farejadores farão uma varredura na área interna do Tribunal.