Governo do DF prepara esquema especial para o Dia de Finados

A previsão da Polícia Militar é que mais de 600 mil pessoas passem pelos seis cemitérios da capital

Brasília- Neste sábado (2), Dia de Finados, os portões dos seis cemitérios do Distrito Federal serão abertos uma hora mais cedo, às 7h, e as pessoas terão acesso até as 19h.

O atendimento ao público será das 7h30 às 18 h. A previsão da Polícia Militar é que mais de 600 mil pessoas passem pelos seis cemitérios da capital.

Na Asa Sul – Plano Piloto de Brasília – e nas cidades de Taguatinga, Gama e Sobradinho, o público terá transporte coletivo gratuito dentro do cemitério. O acesso de veículos aos cemitérios de Planaltina e de Brazlândia será proibido por não ter espaço para circulação.

Nestas duas cidades só poderão ingressar nos cemitérios pessoas que tiverem autorização de vaga especial – idosos e deficientes físicos – emitida pelo Departamento de Trânsito (Detran-DF).

Além dos acessos principais, os visitantes poderão utilizar vias secundárias.

No Cemitério Campo da Esperança, na Asa Sul, quatro portões, além do principal, serão abertos ao público, dois pelo Setor Policial Sul e dois pelo Parque Cidade. Em Taguatinga, o visitante poderá entrar no cemitério pelo Setor de Oficinas e por dois acessos no Setor M Norte.

Duas vias do Setor de Chácaras levarão ao Cemitério do Gama.

A segurança de quem for ao cemitério neste feriado também será reforçada. Além dos 50 vigilantes que trabalham regularmente na segurança interna das unidades, haverá 38 pessoas nos cemitérios, durante os dias 1º, 2 e 3.

Também contarão com reforço da Secretaria de Segurança Pública, da Secretaria de Justiça, da Agência de Fiscalização do Distrito Federal, da Polícia Militar, da Polícia Civil, do Detran e do Corpo de Bombeiros.

Não será permitida a presença de vendedores ambulantes no interior dos cemitérios. Os clientes que precisarem de água para a limpeza das sepulturas podem solicitar diretamente na administração do cemitério.

No dia 2, caminhões-pipa ficarão estacionados em lugares estratégicos dos cemitérios para auxiliar na distribuição de água.