Governo colocou R$ 14 bi para Pronatec gratuito, diz Dilma

Ela repetiu que a continuidade do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico será de 12 milhões de novas matrículas, além das 8 milhões já feitas

São Paulo – A presidente da República Dilma Rousseff lembrou, nesta quarta-feira, 2, que o governo federal colocou R$ 14 bilhões para garantir que os cursos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico (Pronatec) fossem gratuitos.

“Nunca antes fizeram um programa que garantisse o curso técnico gratuito, o material pedagógico, transporte e merenda gratuitos”, disse ela, durante cerimônia de formatura de alunos, em Vitória (ES).

A presidente explicou que até 2005 era proibido o governo federal fazer escola técnica, “se meter em ensino profissional”, por conta de uma lei. “Eu era ministra da Casa Civil e enviamos uma lei ao Congresso que acabava com essa proibição”, explicou.

Ela repetiu que a continuidade do Pronatec será de 12 milhões de novas matrículas, além das 8 milhões feitas até agora no programa, incluindo as 188 mil dos 69 municípios do Espírito Santo.

“O Pronatec não pode parar com 8 milhões de matrículas, por isso estamos colocando mais 12 milhões”, disse. “E as mulheres são 60% das matrículas e vocês vejam como nós, o chamado mulherio, estamos vivas”, completou.

Ela começou o discurso agradecendo os elogios dos presentes. “Não é toda hora que a gente recebe declaração de amor”, disse a presidente, após ouvir da plateia um “Dilma, eu te amo” e dias depois de ser xingada na cerimônia de abertura da Copa do Mundo.