Governo brasileiro critica ataque ao TSJ da Venezuela

O Ministério das Relações Exteriores disse que acompanha com "muita preocupação" o aumento das tensões no país vizinho

O governo brasileiro criticou o lançamento de granadas contra instalações do Tribunal Supremo de Justiça ocorrido nessa terça-feira (27) na Venezuela.

Por meio de nota à imprensa, o Ministério das Relações Exteriores disse que acompanha com “muita preocupação” o aumento das tensões no país vizinho.

“Cumpre ao governo de Nicolás Maduro assegurar o mais absoluto respeito à integridade física dos congressistas, garantir a imunidade parlamentar e proceder à imediata restauração das competências da Assembleia Nacional”, disse o Itamaraty.

De acordo com o comunicado, a violação do princípio da independência entre os Poderes é uma das provas “mais ostensivas da situação autoritária em que vive a Venezuela”.

“É imperativo que a restauração do Estado Democrático de Direito na Venezuela seja perseguida de maneira pacífica e em plena consonância com os ditames constitucionais”, afirmou o governo brasileiro.

Veja também