Governo brasileiro condena ataque terrorista no Líbano

Entre os mortos está o chefe de Inteligência da Polícia libanesa, General Wissam Hasan

Brasília – Em nota oficial, o governo brasileiro condenou o ato de terrorismo que deixou pelo menos oito mortos e 70 feridos hoje (19) no Líbano. A explosão aconteceu na capital, Beirute, em uma praça no bairro Ashrafiyeh, de maioria cristã. Entre os mortos está o chefe de Inteligência da Polícia libanesa, General Wissam Hasan

“O governo brasileiro tomou conhecimento, com consternação, do atentado ocorrido hoje, 19 de outubro, em Beirute, que vitimou vários civis e o chefe de Inteligência da Polícia libanesa, general Wissam Hasan. Ao manifestar seu pesar e solidariedade às famílias das vítimas, o Brasil reitera sua condenação a todo e qualquer ato de terrorismo”, diz o texto, divulgado no começo da noite pelo Ministério das Relações Exteriores.

Com a explosão, carros e prédios foram incendiados e uma grande coluna de fumaça podia ser vista de longe, segundo informações da BBC Brasil.

A explosão ocorre em meio ao aumento da tensão no Líbano, devido ao conflito no país vizinho, a Síria.