Governador de Minas, Zema se isola após contato com pessoa com coronavírus

O governador deverá fazer nesta terça-feira o exame para identificar se foi infectado pelo novo coronavírus

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, está em isolamento domiciliar voluntário depois de ter conhecimento de que manteve contato com uma pessoa que testou positivo para o novo coronavírus (Covid-19).

“Fui informado de que uma pessoa com quem tive contato nos últimos dias testou positivo para o coronavírus. Farei o exame quanto antes. A partir deste momento cumprirei, de casa, com meus compromissos na administração da nossa Minas Gerais”, declarou o governador por meio de carta.

Zema informou também a adoção de medidas para combater a transmissão do Covid-19 entre os servidores do estado. De acordo com o governador, entre as medidas está a que cria a possibilidade do teletrabalho. “Essa medida não afetará a prestação de serviços essenciais à população. Além disso, os servidores com mais de 60 anos e com doenças crônicas terão a possibilidade de se preservar, também trabalhando de casa”, disse.

 

O governador anunciou ainda a suspensão das atividades dos equipamentos culturais do estado. Os museus, a Biblioteca Pública, o Arquivo Mineiro, entre outros, ficarão fechados. Haverá também a suspensão dos espetáculos no Palácio das Artes e na Filarmônica.

A secretária adjunta de Planejamento e Gestão, Luisa Barreto, disse, em entrevista à imprensa, que o início do teletrabalho será imediato para os grupos de risco. Ela esclareceu que os trabalhos serão acompanhados pelas chefias imediatas e que os servidores não terão descontos em seus vencimentos.

“O teletrabalho terá início imediato para as pessoas que se enquadram nos grupos de risco, já iniciando nesta terça-feira (17). Nossa grande preocupação agora é garantir que todas as medidas operacionais necessárias para que esses servidores realizem os trabalhos de casa e que isso ocorra de forma tranquila para que não haja prejuízo na prestação de serviços”, afirmou.

Números do Covid-19

O secretário estadual de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, apresentou aos jornalistas os números atualizados da disseminação da doença em Minas Gerais. Segundo ele, existem até agora seis casos confirmados.

“A situação epidemiológica é a seguinte: nós temos 511 notificações do coronavírus. Desse total, 85 foram descartados e 420 estão sob investigação. Atualmente, são seis casos confirmados. Um caso em Ipatinga e outro em Divinópolis, dois em Juiz de Fora, um em Belo Horizonte e outro em Patrocínio”, esclareceu.

Amaral também ressaltou que as novas medidas adotadas estão dentro do plano de contingência e incluem a estruturação da rede de Saúde, a organização dos leitos de CTI e a gestão para que os leitos estejam livres quando houver a necessidade.

“Queremos que estejam habilitados para que a gente possa usá-los à medida que surgirem casos graves. Também faremos a requisição e aquisição de equipamentos de proteção individual para fornecer à rede prestadora”, disse.

*Com informações da Agência Minas